Campello explica por que deixou a reunião na FFERJ: 'Houve desrespeito'

16/03/2020 às 17h48 - CLUBE

Campello atendeu a imprensa ao deixar a sede da CBF, no Rio, após participar de um encontro sobre os direitos de transmissão internacional do Brasileirão. Antes, o dirigente esteve na Ferj, onde iria participar de uma reunião sobre a suspensão do Carioca por conta do surto do novo coronavírus. Ele se ausentou por se sentir desrespeitado pelo presidente Rubens Lopes.

- O Vasco deixou a reunião por entender que houve desrespeito com o clube e com os demais clubes. Fui um dos primeiros a chegar, aguardei desde as 9h. A reunião estava marcada para 9h30. O presidente do Flamengo foi chamado na sala da presidência. Lá, ficou reunido com todos os demais aguardando por 40 minutos. Achei isso um desrespeito. O Vasco não pode ser tratado dessa maneira. Já existe um desequilíbrio muito grande no Carioca com uma vantagem esportiva importante ao Flamengo. Quando se decidiu que o Maracanã seria um campo neutro, era no sentido de realizar os clássicos. E não que o Flamengo pudesse levar os seus jogos contra os pequenos para lá. Isso é uma imoralidade - reclamou Campello.

Fonte: globoesporte.com