'Campello não é traidor' diz VP Sonia Maria Andrade

11/03/2018 às 10h47 - CLUBE

Primeira mulher na história do Vasco a sentar na cadeira de vice-presidente, Sônia Maria Andrade dos Santos participou do Summir espnW nesta quinta-feira, evento realizado na ESPN Brasil para celebrar o Dia Internacional da Mulher e os dois anos do portal espnW. Em bate papo com a repórter Gabriela Moreira, a registradora pública defendeu o presidente do clube, Alexandre Campello. 

"Penso em fortalecer a marca Alexandre Campello. A imagem dele foi atrelada à palavra 'traidor' e isso é muito forte. Não é traidor. Antes de levantarem esses questionamentos, precisam conhecer o estatuto do Vasco. As pessoas não sabiam que a eleição era divida em dois turnos e começaram a detonar a chapa inteira." 

A gestão de Alexandre Campello, eleito em janeiro, já começou sob reprovação de parte de torcida, por contar com o apoio de Eurico Miranda. A cerimônia de posse, no início do ano, contou com o ex-presidente sentado à mesa. 

Sônia Andrade também falou sobre a participação feminina no esporte. "Primeira coisa: precisamos fazer a torcida feminina apoiar os esportes femininos. Homem pensa: 'para que vou a São Januário assistir um jogo de futebol das mulheres? Elas não jogam nada'. Precisamos de público para gerar receita e manter esses esportes. Quero levar mais mulheres a se associarem ao Vasco porque com apoio, a minha voz será ouvida.' 

A registradora pública se tornou sócia do clube carioca em 2011. Em novembro do ano passado, foi indicada ao Conselho Deliberativo e o próximo passo foi a indicação à vice-presidência. Entre seus projetos dentro do Vasco, um deles é aumentar o poder feminino na tomada de decisões. 

Fonte: ESPN

Enquete

Você é favorável ao retorno de Antônio Lopes no cargo de dirigente?

Deixe seu comentario