Política

Campello não recebe ata do dia 7 e Leven se manifesta em rede social

21

A semana começou agitada como terminaram as últimas do Vasco. Nesta segunda-feira, às 9h, o vice-presidente do Conselho Deliberativo, Sergio Romay, foi à secretaria do clube para tentar proclamar o resultado das eleições do último dia 7 de novembro, realizadas com voto presencial e que apontou vitória de Luiz Roberto Leven Siano, da chapa “Somamos”.

A secretaria do Vasco não recebeu o documento, que está datado do dia 15 – deste domingo – e é assinado por Alcides Martins, vice-presidente da Assembleia Geral, que assina como presidente em exercício da AG.

Roberto Monteiro, presidente do Conselho Deliberativo, Sergio Romay, vice do Deliberativo, e Silvio Godói, presidente do Conselho de Beneméritos, são os outros signatários do documento.

 

A justificativa dos assinantes da mesa eleitoral para não ter o nome de Faués Cherene Jassus, o Mussa, presidente da Assembleia Geral, é que ele deixou a mesa diretora no pleito do último dia 7. Mussa saiu de São Januário assim que chegou a decisão judicial pela suspensão do pleito.

Em contato com a reportagem, o presidente do Vasco, Alexandre Campello, que publicou o resultado das eleições no site do clube no último dia 14, com vitória de Jorge Salgado, da chapa “Mais Vasco”, disse que ainda vai tomar conhecimento sobre o documento, por isso não recebeu a ata.

- Vou ver o que é ainda. Ficam ridicularizando um clube numa briga política. Vamos seguir rigorosamente o que a Justiça determinar. O que ela decidir vai ser feito. Não adianta querer ganhar no grito ou na imposição. Deixa primeiro eu ver o que aconteceu com o Jurídico para saber se vamos protocolar ou não. Todo dia querem fazer alguma coisa. As pessoas não estão levando o Vasco a sério - afirmou Campello.

A eleição do dia 7 de novembro foi suspensa por decisão do ministro Humberto Martins, do Superior Tribunal de Justiça, por volta das 20h, com duas horas ainda de eleição pela frente. Na ocasião, as chapas decidiram que não contariam os votos e lacrariam as urnas. Depois, três chapas se retiraram da disputa – Salgado, o próprio Campello e Julio Brant, da “Sempre Vasco”.

Sem conseguir local para a entrega das urnas, a mesa diretora – formada por Alcides, vice da Assembleia Geral, Monteiro, Godói e Romay – decidiu fazer a contagem dos votos, sem proclamar o resultado.

A decisão da Justiça que invalidou a sentença do ministro Humberto Martins tornou a eleição do último dia 7 válida, aquela em que Leven teve mais votos. O caso vai seguir em discussão nos tribunais, com duas eleições realizadas em duas semanas.

"Campello não respeita o estatuto"

No Twitter, Leven, que já comemorou a decisão durante o sábado e festejou em casa com apoiadores, criticou Campello.

- Campelo mostrando que tem lado, que não respeita o estatuto e os órgãos do clube e nem o direito constitucional de petição e protocolo, acaba de ordenar a secretaria do clube que, ilegalmente, não receba petição da mesa diretora da AGO proclamando o resultado das eleições no Vasco – afirmou Leven.

Vice do Deliberativo, Sérgio Romay gravou um vídeo lamentando o fato de não ter conseguido protocolar o resultado do último dia 7. Confira o que ele disse abaixo:

- Vamos deixar aqui um documento sem protocolo. Que fique registrada a nossa tristeza por esse ocorrido, isso está sendo filmado para ficar gravado efetivamente. Chegamos aqui na secretaria do clube para protocolar uma ata de retificação da Assembleia Geral. No momento em que entreguei o documento à funcionária da secretaria, ela se dirigiu até uma sala interna da secretaria. Não sabemos o que ocorreu lá. O tempo se passou, eu cobrei, e ela veio dizer que passou o documento por zap para o diretor Eduardo, e esse fez contato com o presidente Alexandre Campello, que deu a ordem para que não protocolassem nenhum documento a respeito do processo eleitoral do Vasco - disse Romay.

Ele acrescentou que o funcionário do clube afirmou tratar-se "ordem do presidente, que eles não poderiam de jeito nenhum descumprir."

Confira a íntegra da ata

 

Foto: ReproduçãoAta
Ata
Foto: ReproduçãoAta
Ata

Fonte: ge
  • Quinta-feira, 26/11/2020 às 21h30
    VascoVasco 1
    Defensa y JusticiaDefensa y Justicia 1
    Copa Sul-Americana Estádio Norberto "Tito" Tomaghello
  • Segunda-feira, 30/11/2020 às 18h00
    VascoVasco
    CearáCeará
    Campeonato Brasileiro São Januário
  • Quinta-feira, 03/12/2020 às 21h30
    VascoVasco
    Defensa y JusticiaDefensa y Justicia
    Copa Sul-Americana São Januário
  • Domingo, 06/12/2020 às 16h00
    VascoVasco
    GrêmioGrêmio
    Campeonato Brasileiro Arena do Grêmio
  • Segunda-feira, 14/12/2020 às 20h00
    VascoVasco
    FluminenseFluminense
    Campeonato Brasileiro São Januário