Campello preferiu reformular futebol antes de procurar por novos reforços

07/06/2018 às 19h53 - FUTEBOL

O Vasco paralisou todas as negociações que tinha em andamento quando o técnico Zé Ricardo pediu demissão, no último sábado, depois da derrota para o Botafogo. Os jogadores que chegariam para reforçar o elenco ficaram, portanto, em “stand by”. Agora, o presidente Alexandre Campello promete voltar a estudar os nomes.

Em entrevista coletiva, o mandatário explicou que decidiu, antes de avançar em negociações por reforços, definir os profissionais que estariam na cúpula de futebol. O técnico Jorginho e o coordenador PC Gusmão, contratados, agora vão ajudar na busca por atletas para o elenco.

– Enquanto o Zé era o treinador, estávamos conversando com alguns jogadores. Quando ele saiu, minha preocupação era remontar essa comissão o mais rápido possível, para que tivessem tempo de observar o elenco, ver as necessidades, avaliar os nomes que estavam sendo discutidos e possivelmente colocar mais nomes. Vamos conversar para montar essa estratégia. Os nomes já estão sendo estudados. Vamos buscar reforços – explicou Campello.

Além de Zé Ricardo, o diretor executivo Paulo Pelaipe e o gerente de futebol Newton Drummond deixaram o Vasco. A dupla negociava com Francisco Arancibia, da Universidad de Chile, Kayke, do Bahia, Gilbert Álvarez, do Jorge Wilstermann, e outros atletas para reforçar o elenco. A partir da saída, todas as conversas foram paralisadas.

Fonte: GloboEsporte.com

Enquete

Quem você gostaria que fosse o novo técnico do Vasco?

Deixe seu comentario