Mercado

Características do francês Dimitri Payet, novo reforço do Vasco

Payet tem alma de protagonista. Durante boa parte da carreira, foi tratado como o "craque do time" por onde passou. Ele foi eleito duas vezes o melhor jogador da temporada no Olympique de Marselha (2014/15 e 2021/22) e entrou para as seleções da Euro-2016, da Liga Europa 2017/18 e da Conference League 2021/22.

Embora tenha disputado apenas duas temporadas pelo West Ham, o francês também fez bonito na Inglaterra. Em 2015/16, venceu a eleição de craque do clube londrino e entrou no 11 ideal da Premier League escolhido pelos jogadores.

No ano passado, o então capitão do OM foi finalista do Prêmio Puskás, concedido pela Fifa ao gol mais bonito do ano, graças a um voleio de primeira que morreu no ângulo adversário. O troféu, no entanto, foi para as mãos do polonês Marcin Olesky, que joga no futebol de amputados.

Chutes de longe e cobranças de falta

O novo jogador do Vasco é um camisa 10 genuíno. Embora já tenha atuado algumas vezes como "falso 9", sua preferência é por atuar pela faixa central, logo atrás de um centroavante que será municiado por seus passes.

Em esquemas táticos que não permitem esse posicionamento, especialmente o 4-3-3, Payet costuma ser escalado como atacante aberto pela esquerda. Mas, na prática, pouco faz o papel de ponta e acaba entrando em diagonal para armar o time pelo meio.

Sua principal característica é bom arremate de média e longa distância. Por isso, o francês opta por ser posicionar mais na intermediária e, para um jogador da sua posição, entra pouco na área adversária.

Payet também manda muito bem na bola parada. Na soma das temporadas 2015/16 e 2016/17, época em que estava com o pé mais calibrado, marcou nada menos que oito gols de falta.

Idade pesa?

Apesar de já ter 36 anos, Payet ainda não parece ser um jogador na reta final de carreira. É verdade que ele teve um desempenho bem abaixo da média na temporada passada (fez apenas quatro gols em 27 partidas, já que passou boa parte do tempo no banco).

Mas no ciclo anterior (2021/22), o francês registrou simplesmente o ano mais goleador de toda sua carreira como profissional, com 16 bolas nas redes. E, nas temporadas anteriores, marcou dez (2020/21) e 12 (2019/20) vezes.

O camisa 10 nunca teve uma lesão realmente grave, daquelas que deixam um jogador fora de ação por três meses ou mais. Nas últimas temporadas, vem sofrendo um pouco mais com contusões musculares. Mas, raramente fica mais de uma ou duas semanas afastado.

Fonte: Blog do Rafael Reis - UOL
  • Terça-feira, 21/05/2024 às 21h30
    Vasco Vasco 3
    Fortaleza Fortaleza 3
    Copa do Brasil São Januário
  • Domingo, 02/06/2024 às 16h00
    Vasco Vasco
    Flamengo Flamengo
    Campeonato Brasileiro - Série A Maracanã
  • Quinta-feira, 13/06/2024 às 21h30
    Vasco Vasco
    Palmeiras Palmeiras
    Campeonato Brasileiro - Série A Arena Barueri
  • Domingo, 16/06/2024 às 18h30
    Vasco Vasco
    Cruzeiro Cruzeiro
    Campeonato Brasileiro - Série A São Januário
  • A definir
    Vasco Vasco
    São Paulo São Paulo
    Campeonato Brasileiro - Série A A definir