Casaca divulga nota sobre redução da joia para sócios gerais

01/07/2019 às 08h21 - POLÍTICA

Na reunião da última sexta-feira foi aprovada redução da joia para a entrada de sócios gerais, que ainda se encontram com direito a voto, caso adentrem no quadro social do clube entre os meses de julho e agosto.

O pedido de redução da joia foi feito pela direção do Vasco, mas ela própria – na figura de seu presidente administrativo – mostrou-se contra o direito de os associados integrarem o quadro social a tempo de votarem nas próximas eleições.

Ou seja, a direção do clube foi a favor da redução da joia, mas com início de validade disso a partir de outubro deste ano, impedindo o direito a voto de qualquer um que entrasse no quadro social pagando 750 reais.

A proposta vencedora, felizmente, foi a de abertura do quadro a partir de 01/07, ou seja, nesta segunda-feira.
Ficou claro também que a entrada de associados no clube se dará respeitando-se o estatuto, portanto, considerando o previsto no artigo 14 do Estatuto Social.

Além do aqui descrito, é grave o fato de que a direção não tem respeitado o estatuto do próprio Vasco quando impossibilita pagamentos de associados da categoria “Sócio Geral” no decorrer do terceiro mês de inadimplência consecutiva, entendendo ser possível agir de tal forma.

É hora de associação, mas também de alerta por parte dos integrantes do quadro social, para que não sejam tolhidos no exercer de direitos estatutários seus daqui para frente.

Casaca!

Fonte: Casaca!