Castan elogia jovem dupla de ataque do Vasco

09/08/2019 às 08h55 - FUTEBOL

Em 15º lugar com 14 pontos, o Vasco da Gama retorna aos gramados pelo Campeonato Brasileiro no próximo domingo (11/08), às 19 horas, para medir forças com o Goiás. O objetivo? Recuperar os pontos perdidos contra o CSA na rodada passada para se distanciar de vez do incômodo Z4 e passar a lutar por outros objetivos dentro da competição, como, por exemplo, uma vaga para os torneios continentais.

Para voltar a vencer e atingir a meta, o Cruzmaltino sabe que não poderá repetir o futebol apresentado contra o CSA, em Cariacica, no final de semana passado. De acordo com o zagueiro Leandro Castan, o time vascaíno procurou tirar lições daquela partida e trabalhou de forma intensa durante a semana para corrigir as deficiências apresentadas durante os 90 minutos da mesma.

- Foi um jogo onde estivemos muito abaixo do que vínhamos jogando. Fica de lição que não podemos acomodar nenhum minuto dentro do Campeonato Brasileiro. É uma competição muito disputada. O CSA está em penúltimo lugar, mas possui jogadores com história no país, como Alecsandro e o Nilton. São atletas que já venceram títulos importantes. Não tem jogo fácil - afirmou o camisa 5, projetando logo depois o duelo com o Esmeraldino.

- Tive a oportunidade de acompanhar os 90 minutos da partida que eles fizeram contra o Corinthians. É um time que possui qualidade, muito veloz lá na frente, então precisaremos ter bastante atenção e entrar muito ligados. Não será uma partida fácil, muito pelo contrário, acredito que o jogo será bastante difícil. Não podemos perder a intensidade. Essa tem sido nossa marca. Temos que jogar sempre em alta intensidade - disse o defensor.

Diante do clube goiano, pela segunda vez consecutiva, o treinador Vanderlei Luxemburgo irá escalar os jovens Marrony e Talles no comando de ataque. Recentemente, durante bate-papo com os jornalistas, os pratas da casa agradeceram o apoio dos atletas mais experientes, em especial do capitão Leandro Castan. Ao ser perguntado sobre a dupla, o experiente zagueiro não poupou elogios.

- Eu fico feliz por eles considerarem isso importante. Eu faço uma coisa que é natural. Um dia já me ajudaram também. Eu tento passar tranquilidade, pois sei que esses moleques vão ajudar e são muito importantes para a nossa equipe. Falo isso sem transferir responsabilidade, sem dar um peso a mais do que se deve. Queremos dar tranquilidade para eles fazerem aquilo que sabem. São jogadores jovens e com um potencial enorme - concluiu Castan.

Fonte: Site oficial do Vasco