Castan valoriza vantagem conquistada na Sul-Americana

07/02/2020 às 10h53 - FUTEBOL

Referência técnica e um dos nomes mais experientes do elenco, o zagueiro Leandro Castan vem sendo um dos jogadores mais importantes do elenco vascaíno desde que chegou ao clube no segundo semestre de 2018. Em meio a um grupo recheado de meninos, o capitão vem respaldando as pratas da casa e ressaltou a confiança nos jovens criados na Colina. Ele usou o momento de Talles como exemplo. Para o camisa 5, o atacante de 17 anos vai oscilar, mas a torcida e a comissão precisam ter paciência neste início de trabalho.

- O Talles é um menino. Não podemos esquecer que ele tem 17 anos. Hoje não faz nem um mês que a gente se reapresentou. Temos que ter cabeça fria, orientar esses meninos para não se cobrarem demais. O ano está apenas começando, tem muita coisa pela frente e temos que ter sabedoria para lidar com as críticas, com a pressão. Estou muito feliz por ele, pelo Marrony e por toda a rapaziada. Temos que valorizar o resultado, vitória é sempre importante - disse o capitão, antes de falar sobre a vitória sobre o Oriente Petrolero:

- Como o Abel falou, não é a vantagem que a gente queria, mas é uma vantagem. O ano é longo e acredito que as coisas vão se encaixar e que a gente ainda vai ser muito feliz esse ano.

Questionado sobre o retorno do meia Fredy Guarín, Castan despistou e se limitou a dizer que o colombiano é um grande jogador e caso assine a renovação de contrato será um grande reforço para o Gigante em 2020:

- O Guarín é um grande jogador. Não conversei com ele, não sei como está o andamento das negociações, mas se ele acertar vai ser um grande reforço e vai nos ajudar muito. 

Fonte: Site oficial do Vasco