Classificação é valorizada por Abel, mas melhora nas finalizações é cobrada

13/02/2020 às 00h19 - FUTEBOL

O duelo contra o Altos-PI, nesta quarta-feira (12/2), no Albertão, poderia ser mais tranquilo para o Vasco. O Cruzmaltino criou diversas oportunidades, mas acabou se classificando apenas com um empate em 1 a 1. O técnico Abel Braga analisou a partida e tentou enxergar o lado positivo, já pensando no confronto seguinte, na próxima quarta (19), diante do Oriente Petrolero, pela Copa Sul-Americana.

- A classificação é o mais importante. Já tinhamos criado bastante ocasiões de gols contra o Oriente Petrolero, contra a Portuguesa e hoje o que nós criamos foi um absurdo. Prefiro acreditar que se a gente tivesse aproveitado as oportunidades que criamos, talvez na quarta-feira, lá na Bolívia, a gente chegasse com um pouco de soberba. O resultado é muito injusto. Levamos um gol numa bola parada e uma outra chance nos acréscimos. Mas fica o ensinamento.

O treinador ainda falou sobre os números e algumas ocasiões em que o Vasco chegou com superioridade numérica na área adversária e acabou desperdiçando. Ele também ressaltou que o problema da criação foi encontrado e que agora é necessário melhorar o aproveitamento nas finalizações:

- Faltou botar a bola pra dentro. Vou citar só um exemplo de hoje. Nós chegamos com três contra dois dentro da área em algumas oportunidades e não conseguimos finalizar. Se isso acontecesse, você tem que no mínimo finalizar. Mesmo que erre. Vocês devem ter o scout. Finalizamos 26 vezes ao gol. É um número significativo. Encontramos o problema, que era a criação. Melhoramos nos últimos jogos e hoje depois dos primeiros dez minutos encaixamos a movimentação e dominamos o jogo. Aborrece um pouco perder tantos gols, mas não tanto. Não posso reclamar da atuação, mas tem que botar pra dentro.

Fonte: Site oficial do Vasco