Cláudio Winck se acerta com o Vasco e viaja para assinar com o Marítimo-POR

11/09/2020 às 15h16 - MERCADO

O lateral-direito Cláudio Winck acertou sua saída do Vasco rumo ao Marítimo. Neste sábado, o atleta de 26 anos viaja para Portugal, onde fará exames. Se for aprovado, assina contrato válido por três temporadas. Com isso, Ramon Menezes tem à disposição para a posição no elenco profissional Yago Pikachu e Cayo Tenório.

Segundo pessoas próximas, Winck embarca rumo ao Velho Continente com um misto de sentimentos. Sai triste por ter atuado com Ramon Menezes e ciente de que teria novas oportunidades ao longo do Brasileiro, além do carinho e vínculo familiar que tem com o Vasco. Em contrapartida, a ida para a Europa o seduziu. Winck já havia jogado em outra equipe europeia. Em 2015, defendeu o Verona, da Itália.

O ge noticiou no último dia 2 que o Marítimo havia comunicado ao Vasco o desejo de contar com Cláudio Winck, cujo contrato com os cariocas vence em dezembro. A vontade de Winck, que poderia sair sem custos no fim do ano, era peça-chave na negociação, e o desejo de retorno à Europa pesou.

No Vasco desde 2019, Winck chegou para disputar posição com Pikachu, teve chances com Alberto Valentim, mas nunca foi levado em conta por Vanderlei Luxemburgo. Em 2020, imaginava que teria oportunidades com Abel Braga, que o comandou no Internacional, mas acabou sendo informado pela diretoria que não fazia parte dos planos do clube. Assim, passou a treinar à parte.

Em março, Winck chegou a um acordo com a diretoria vascaína sobre atrasos salariais e voltou a fazer parte do elenco. No pós-pandemia, participou de quatro jogos. No estadual, saiu do banco para enfrentar Macaé e Madureira. No Brasileiro, foi titular contra Ceará e Grêmio.

Winck viaja para Portugal acompanhado de Tiago Guadagno, seu empresário e sócio da G7 Football, e de seu advogado, Alexey Dantas, que conduziu a negociação.

Fonte: ge