Futebol

Com apenas sete jogos, Paulinho mostra polivalência com a camisa do Vasco

Com indícios de uma reação no Campeonato Brasileiro, o Vasco ao que tudo indica conseguiu mudar sua rota na última janela de transferências e contratou alguns reforços que surtiram efeito imediato no time comandado por Ramón Díaz. Um deles é Paulinho, o meia que parece estar em todos os lugares.

Ele foi destaque na vitória sobre o Fluminense no sábado, pela 23ª rodada, embora não tenha feito gol nem servido assistências. Em sete jogos com a camisa do Vasco, Paulinho encaixou no meio de campo da equipe de forma que é possível vê-lo desarmando na mesma medida que cria - sem mencionar o repertório de dribles.

Paulinho já deu caneta, elástico, chapéu... (veja alguns lances no vídeo acima). Ao lado de Praxedes e Zé Gabriel no meio de campo, ele compõe o setor que é "o motor e a força" da equipe, segundo palavras do próprio Emiliano Díaz, filho e auxiliar de Ramón.

No clássico, por exemplo, Paulinho foi o responsável por roubar a bola de Germán Cano no lance do primeiro gol (o Fluminense reclamou de falta no lance). Em seguida, apresentou-se na ponta e colocou a bola entre as pernas de André. Com três desarmes e 83% de precisão nos passes, foi certamente um dos melhores jogadores do Vasco na partida.

Paulinho pelo Vasco:

  • 7 jogos (6 como titular)
  • 586 minutos em campo
  • 4 finalizações (1 bola na trave)
  • 5 dribles certos
  • 16 desarmes
  • 12 rebatidas
  • 22 faltas cometidas
  • 27 faltas recebidas
  • 2 cartões amarelos

A princípio, Paulinho atua pelo lado direito do campo, mas Ramón Díaz dá tanta liberdade para o camisa 18 que é possível vê-lo literalmente em todos os cantos. O mapa de calor desde que chegou ao clube mostra que ele domina o meio de campo.

Na busca pelo primeiro gol

Paulinho só ainda não marcou com a camisa do Vasco.

Na vitória sobre o Atlético-MG (20ª rodada), no Maracanã, o meia cobrou uma falta no travessão no segundo tempo. Ele também foi um dos melhores do Vasco em campo na ocasião.

O gol chegou a sair na rodada seguinte, contra o Palmeiras: Paulinho dominou na intermediária, ajeitou o corpo e bateu bonito para vencer o goleiro Weverton. Seria um golaço, mas a arbitragem anulou o lance acusando impedimento de Vegetti anteriormente - apesar da polêmica decisão, a Comissão de Arbitragem da CBF concordou com a marcação.

Com Paulinho em boa fase, o Vasco volta a campo na próxima quinta-feira para enfrentar o Coritiba, às 19h (de Brasília), em São Januário. O jogo vai marcar a volta da torcida ao estádio, e os ingressos foram esgotados em poucas horas de venda.

Fonte: ge
  • Quarta-feira, 19/06/2024 às 20h00
    Vasco Vasco 0
    Juventude Juventude 2
    Campeonato Brasileiro - Série A Alfredo Jaconi
  • Sábado, 22/06/2024 às 21h30
    Vasco Vasco
    São Paulo São Paulo
    Campeonato Brasileiro - Série A São Januário
  • Quarta-feira, 26/06/2024 às 21h30
    Vasco Vasco
    Bahia Bahia
    Campeonato Brasileiro - Série A Fonte Nova
  • Sábado, 29/06/2024 às 19h00
    Vasco Vasco
    Botafogo Botafogo
    Campeonato Brasileiro - Série A São Januário
  • Quarta-feira, 03/07/2024 às 20h00
    Vasco Vasco
    Fortaleza Fortaleza
    Campeonato Brasileiro - Série A São Januário
  • Segunda-feira, 08/07/2024 às 21h00
    Vasco Vasco
    Internacional Internacional
    Campeonato Brasileiro - Série A A definir