Com moral: Valentim é a aposta do Vasco para 2019

15/12/2018 às 07h15 - CLUBE

Nos corredores de São Januário havia quem apostasse na demissão do técnico Alberto Valentim após o fim do Campeonato Brasileiro. De fato ventilou-se essa possibilidade, mas indo na contra mão do que foi especulado, o presidente Alexandre Campello decidiu bancar a permanência do treinador.

Aliás, sob o comando de Alberto Valentim, o desempenho do Vasco foi abaixo do esperado. O time conquistou quatro vitórias, obteve sete empates e teve oito derrotas. Resumindo, conseguiu 19 dos 57 pontos disputados. Com isso, o aproveitamento foi de apenas 33%.

Valentim em alta com Campello

O que levou Alexandre Campello a dar respaldo a Alberto Valentim contrariando a maioria dos dirigentes do futebol brasileiro?

Primeiro: É o mais óbvio. O Vasco sofreu um colapso financeiro, as contas foram bloqueadas, rendas penhoradas e a ausência de um grande patrocinador para cobrir as despesas do departamento de futebol.

Segundo: Apesar dos péssimos resultados, o Vasco conseguiu ficar na primeira divisão do Campeonato Brasileiro. Foi a grande conquista da diretoria após fracassar na Copa Libertadores da América, Copa Sul-Americana, Copa do Brasil e Campeonato Carioca.

Terceiro: Os jogadores poderiam ter tido um rendimento melhor ao longo da temporada. Yago Pikachu, Leandro Castán e Maxi López, foram os únicos que se salvaram. O time necessita de reforços e isso é de responsabilidade da diretoria. Não é justo com Alberto Valentim pôr nas costas dele toda culpa pelo fracasso do clube em 2018.

Na moral? Com o time que o Vasco entrou em campo nesta temporada, José Mourinho e Pep Guardiola não fariam fazer jogar. Duvido!

CURTINHAS:

PAPO RETO: Alexandre Campello não abre mão de Leandro Castán para 2019. Ele é o capitão, tem bom ambiente e possui contrato com o Vasco até dezembro de 2019. Se o Corinthians quiser levar o zagueiro, terá de fazer uma proposta formal ao Vasco. Ponto final no assunto!

PRESENTE DE NATAL: O lateral-esquerdo Danilo Barcelos é o primeiro reforço do Vasco para 2019. Ele pertence ao Atlético-MG e fica pelo período de um ano em São Januário. Este ano, o jogador defendeu a Ponte Preta na Série B do Campeonato Brasileiro.

SONHO MEU: Com certeza, a maior contratação para a próxima temporada seria Diego Souza. Se ele vier, vai dar outra cara ao sofrível time do Vasco. Fico imaginando a torcida lotando São Januário e gritando os nomes de Diego Souza, Bruno César e Maxi López durante a escalação. Que trio!

OBRIGADO, MITO: Martin Silva disputou duas Séries B pelo Vasco, pediu dispensa da Seleção do Uruguai, conviveu sem reclamar com sete meses de salários atrasados, rejeitou ofertas superior de Boca Juniors e Palmeiras. Por essas e outras que Martín merece ser chamado de mito.

ARIGATÔ: Yago Pikachu está de malas prontas para ir jogar no futebol japonês. Ele estuda propostas do Frontale Kawazaki e do Gamba Osaka. O Paysandu está de olho em uma eventual negociação. O Papão da Curuzu tem direito a uma “pontinha” por ser o clube formador do atleta.

Foto: Globoesporte.comCampello
Campello

Fonte: Esporte24Horas