Com prisão de Jorge Rabello, FERJ emite nota sobre Operação Cartão Vermelho

18/12/2019 às 10h33 - FUTEBOL

NOTA OFICIAL

Diante de um mandado judicial de busca e apreensão, determinado para ser realizado nas dependências da Comissão de Arbitragem (setor integrante do Departamento de Arbitragem), face a processo envolvendo o Sindicato dos Árbitros e Cooperativa de Árbitros, entidades autônomas e independentes, e ainda antigos dirigentes da Comissão de Arbitragem (COAF), a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro, na pessoa do seu presidente Rubens Lopes da Costa Filho, recebeu as autoridades em sua sede, facilitando e franqueando todas as dependências da FERJ para o que se fizesse necessário ao cumprimento do citado mandado, realizado de forma clara, imparcial, pacífica e rigorosa.

Cumpre-nos ressaltar que a FERJ preza por total transparência e lisura em seus procedimentos, repudia atos ilegais, pugna por correção, não faz parte de sindicatos ou cooperativas, não possui qualquer ingerência em relação a estes e coloca-se à disposição das autoridades para quaisquer esclarecimentos que permitam a busca da verdade e da justiça, na distinção e preservação da integridade de pessoas e instituições e punições de culpados.

Fonte: FFERJ