Com Romário e Valdiran, Vasco aposta em nova dupla no ataque

19/02/2006 às 00h00 - FUTEBOL

Sai Alex Dias, entra Valdiran. No papel, a troca não agrada aos cruzmaltinos e tampouco Romário, que nunca poupou elogios ao ex-companheiro de ataque. Mas o bom desempenho do reforço ofensivo do Vasco na quarta-feira contra o Botafogo-PB, pela Copa do Brasil, deu esperanças a Renato Gaúcho. Hoje, às 16h, em São Januário, é na nova dupla de área que o treinador aposta as fichas para que a equipe vença a Portuguesa em sua estréia na Taça Rio.

Rápido, habilidoso e abusado, Valdiran mostrou na semana passada que pode muito bem se encaixar ao estilo de jogo do Baixinho. Pelo menos enquanto Edílson - que irá curtir o carnaval de Salvador - não chega definitivamente ao clube.

Valdiran conta com o apoio de Renato para fazer todos esquecerem seu passado negro fora dos campos - foi preso por três vezes.

- Tenho ouvido os conselhos dele (Renato), que me deu essa chance preciosa. Não quero perdê-la - disse Valdiran.

O atacante foi contratado pela prática que virou moda no comércio de jogadores. Após a análise de um DVD com as suas melhores jogadas, a comissão técnica e os dirigentes do Vasco decidiram ficar com o atacante.

- Vi as imagens dele e já tinha algumas informações, mas é claro que ele ainda precisa ser lapidado, é o primeiro grande clube de sua carreira. Apesar de alguns defeitos que tem, jogou bem em sua estréia - declarou Renato.

A nova dupla de ataque terá um teste teoricamente fácil hoje, em São Januário. A Portuguesa é o pior time do Carioca e foi o único que ainda não venceu. O único ponto, no empate com o Flamengo em 2 a 2, foi conquistado na Ilha do Governador. Fora de casa, apenas derrotas. Tem a pior defesa e o pior saldo de gols de todas as 12 equipes do Campeonato Carioca.

Uma ajuda e tanto para o sucesso da dupla Romário e Valdiran. O novato, aliás, entendeu o papel que todo companheiro do Baixinho terá daqui para frente.

- Espero que eu possa fazer o meu gol e ajudar o Romário a chegar ao milésimo gol também - disse Valdiran.

Vasco: Roberto, Wagner Diniz, Fábio Braz, Bebeto e Diego; Ygor, Osmar, Abedi e Morais; Valdiran e Romário. Técnico: Renato Gaúcho.

Portuguesa: Brás, Germano, Marlon, Leandro e Allan; Gullit, Otaviano, Serginho e Lê; Biula e Ratinho. Técnico: Antônio Carlos Roy.

Local: Estádio de São Januário.

Horário: 16h.

Árbitro: Edílson Soares da Silva (RJ), auxiliado por Jorge Luís Campos Roxo (RJ) e Délcio da Silva Brum (RJ).

Transmissão: TV Globo e Premiere.

Fonte: JB Online