Clube

Comercialização do uniforme do Vasco LGBTQIA+ de 2021 tem sido sucesso

Poderia ser só mais um gol de Germán Cano pelo Vasco. Mas o argentino ficou marcado por uma comemoração na vitória por 2 a 1 sobre o Brusque em 2021, em que os três pontos conquistados pouco serão lembrados na história. Foi a primeira partida do clube em que os jogadores utilizaram um uniforme em apoio à população LGBT+ em 28 de junho, Dia Internacional do Orgulho LGBT. Além disso, na celebração do gol, o atacante ergueu a bandeirinha de escanteio, nas cores arco-íris, em um gesto que viralizou nas redes sociais. Desde então, a comercialização da camisa foi um sucesso nas arquibancadas de São Januário.

O mesmo fenômeno aconteceu com a do Bahia, nos jogos na Arena Fonte Nova, que foi lançada meses antes. A reportagem do Estadão conversou com vários torcedores dos dois clubes que usaram o uniforme em partidas nos estádios brasileiros e nenhum relatou qualquer problema de discriminação.

“A camisa se tornou uma peça muito histórica para nós do Bahia. Estamos sem lote até. Ela é muito mais vendida pelo mercado informal em vários pontos de Salvador. Muita gente ainda procura e estamos tentando ver se faremos um novo lote. A camisa é da nossa torcida e o clube autorizou o uso e depois passou a vender na loja oficial. Todos usam sem qualquer importunação”, explica Onã Rudá, fundador da LGBT Tricolor, que lançou a camisa em parceria com o clube baiano. O Bahia registrou mais de 500 vendas de camisas.

Para realizar a série de ações no ano passado, o Vasco consultou o grupo Vasco LGBTQ+ para saber o que o coletivo achava das ideias e se tinha sugestões para contribuir com o projeto. "Participamos de uma reunião com o Horácio Júnior (vice-presidente de Responsabilidade Social e História), eles foram extremamente incríveis com a gente. Ajudamos a escrever o manifesto. A instituição esteve muito aberta e disposta a entender nosso local de fala e nossas opiniões. A gente se sente seguro no estádio com tantas camisas coloridas pela torcida, inclusive é bem emocionante ver tantos torcedores usando com tanto orgulho, saber que torcedores de outros times também quiseram comprar nossas camisas para mostrar apoio e respeito é muito gratificante", explica a torcedora Beatriz França.

O diretor de Relações Públicas do Vasco, Marcus Pinto, lembrou a importância da defesa das causas sociais na história do clube e destacou que a camisa LGBT+, que teve mais de 20 mil unidades vendidas, foi abraçada pela torcida. “A camisa foi e é um sucesso de vendas e os torcedores a utilizam sem qualquer problema. Não temos um ranking de camisas mais vendidas, mas essa já ultrapassou a marca de 20 mil unidades. A história do Vasco se confunde com a história de lutas a favor de causas sociais, como a Resposta Histórica de 1924 contra o racismo, e no caso específico da camisa não poderia ser diferente”, disse.

Fonte: Estadão
  • Terça-feira, 09/08/2022 às 20h30
    Vasco Vasco 1
    Ponte Preta Ponte Preta 3
    Campeonato Brasileiro - Série B Moisés Lucarelli
  • Sábado, 13/08/2022 às 11h00
    Vasco Vasco
    Tombense Tombense
    Campeonato Brasileiro - Série B São Januário
  • Quinta-feira, 18/08/2022 às 20h00
    Vasco Vasco
    CSA CSA
    Campeonato Brasileiro - Série B Rei Pelé
  • Domingo, 28/08/2022 às 16h00
    Vasco Vasco
    Bahia Bahia
    Campeonato Brasileiro - Série B Fonte Nova
  • Quarta-feira, 31/08/2022 às 19h00
    Vasco Vasco
    Guarani Guarani
    Campeonato Brasileiro - Série B São Januário
  • Sábado, 03/09/2022 às 16h30
    Vasco Vasco
    Brusque Brusque
    Campeonato Brasileiro - Série B Augusto Bauer
  • A definir
    Vasco Vasco
    Grêmio Grêmio
    Campeonato Brasileiro - Série B A definir