Confederação Vascaína e Somos Vasco se unem e formam novo grupo

19/05/2020 às 08h23 - POLÍTICA

Anunciar um novo grupo político no Vasco é sempre uma missão complicada.

Aprendemos com o feeback dos vascaínos o terrível incômodo com a enorme fragmentação política e a numerosa quantidade de grupos políticos que fazem do Vasco um grande feudo.

Desse feedback identificamos também que a quantidade de grupos políticos é um reflexo da pouca inclinação dos grupos políticos em abaixar suas guardas, buscar o entendimento e superar eventuais diferenças. A intransigência levou o clube a ter mais de 30 grupos políticos e a consequência natural disso é a desconexão com a torcida. Os grupos pouco representam o torcedor vascaíno.

Esse discurso não nos exime da responsabilidade. Somos parte deste diagnóstico e estamos colocando o nosso dedo na ferida. É hora de fazer diferente e precisamos reconectar com a torcida.

Os Grupos Confederação Vascaína e Somos Vasco cumpriram a sua missão e partem para outra jornada juntos, cientes que dessa forma terão mais efetividade nas suas ações em prol do Vasco.

A fusão de grupos políticos exige naturalmente uma renúncia de todos os seus associados, um intenso exercício de transigência que ensina a priorizar os valores em comuns e relevar as eventuais diferenças.

Batizamos esse novo projeto como Vasco do Povo.

Temos a missão de continuar sendo um agente agregador na política do Clube. Continuaremos a trabalhar para quebrar as barreiras entre os grupos políticos e construir novas pontes com os vascaínos. É fundamental sermos transparentes, de forma que o Vascaíno reconheça em nós uma motivação a participar de uma política tão beligerante que afasta pessoas que poderiam contribuir para o Clube. Imbuído desses valores fica o convite, a grupos e a você que compartilha desses mesmos ideais, que participe junto conosco dessa jornada.

Acreditamos que a solução para o Vasco passa pela transigência política, um novo mandatário tem o dever de pacificar o clube através de amplo diálogo com todas as correntes políticas. Acreditamos no trabalho e na força do Vascaíno que nunca deixou de socorrer o Vasco quando foi preciso. Acreditamos nas boas práticas de gestão e no equilíbrio financeiro com responsabilidade do emprego do capital vascaíno.

Também é nossa missão trabalhar no resgate do DNA social do Vasco e dessa forma estar em constante sintonia com o torcedor vascaíno.

Queremos deixar registrado o compromisso em formar novos agentes políticos para o Clube. É fundamental para oxigenação do Vasco a renovação do seu quadro político.

Estamos cientes deste desafio e sabemos que será preciso muita transparência, calma e disponibilidade para enfrentar o contraditório e a desconfiança da vala comum. Será preciso superar em verdade o justificável receio com o quadro atual político do Clube faz jus e que fazemos parte.

Reforçamos o compromisso de uma comunicação respeitosa, direta, sem ironias e exasperações. Da mesma forma reforçamos a responsabilidade em apresentar soluções para o Vasco robustas, além da casca e sempre abertas ao contraditório. Isso vale não só para os perfis oficiais do grupo, mas também são valores de todos os associados do VASCO DO POVO.

A boa política reside na arte do encontro e passou da hora de se reconectar com o Vascaíno depois de tantos desencontros dos agentes políticos com a sua torcida.

#PorUmVascoParaTodos

Fonte: Site Vasco do Povo