Confiança de Luxemburgo é a receita para Marrony reencontrar o bom futebol

05/07/2019 às 19h03 - CLUBE

Marrony é o artilheiro do Vasco no ano, com seis gols em 32 jogos - Rafael Ribeiro / Vasco

Rio - A multa rescisória próxima dos R$ 150 milhões, incrementada após a renovação do contrato até 2023, demonstra a confiança da diretoria do Vasco em Marrony. Cria da Colina, o atacante, de 20 anos, é cobrado pelo nível das atuações que o fizeram ganhar espaço em 2018. Apesar da queda de produção, ele não não foi desacreditado pelos últimos técnicos do Vasco e, nas mãos de Vanderlei Luxemburgo, espera reencontrar o melhor de seu futebol.

"Tenho trabalhado muito. Acho que terminei o campeonato (Carioca) muito abaixo do que comecei. Sem dúvida, faltou confiança. Mas com a ajuda de toda a equipe, do professor, venho ganhando mais confiança, tendo oportunidade. Isso está sendo muito bom", disse Marrony.

Na chegada da delegação em Foz do Iguaçu, onde o Vasco enfrentará neste sábado o time local, no Estádio do ABC, a temperatura na casa dos 12º na cidade paranaense foi o assunto mais comentando entre os jogadores. Na hora em que a bola rolar, o Cruzmaltino promete esquentar os motores de olho no confronto com o Grêmio, dia 13, em Porto Alegre, na volta do Brasileiro.

Peça-chave no esquema de Vanderlei Luxemburgo, Marrony revela não ter posição fixa no ataque e destaca a evolução da equipe durante o recesso com a chegada dos reforços Richard e Marquinho.

"Estamos melhores, bem mais resistentes fisicamente. Chegaram dois jogadores de muita qualidade, que agregam. Temos de continuar nessa pegada para voltar ao Brasileiro fazendo bons jogos", disse Marrony.

 

Fonte: O Dia