Confira como foi a partida entre Vasco x Vitória no basquete

06/02/2018 às 22h30 - OUTROS ESPORTES

Desde o dia 23 de dezembro de 2017, quando perdeu para o Paulistano, o Vasco da Gama não atuava em seu ginásio em São Januário. Foram cinco confrontos como visitante e outros cinco na Arena Carioca 1, no Parque Olímpico da Barra da Tijuca. Os vascaínos receberam o Vitória na noite desta terça-feira, mas a volta para casa não foi como esperavam. O Cruz-Maltino, que ficou à frente do placar na maior parte do jogo, sofreu com a reação dos baianos e foi derrotado por 89 a 85. Os vascaínos saíram sem falar com a imprensa.

Com a vitória, o time baiano chega a dez triunfos em 18 jogos, e se iguala ao Pinheiros na sétima posição. Já o Vasco amarga mais um revés, o 13º, e segue em 11º na tabela. Lembrando que os quatro primeiros avançam direto para as quartas de final, enquanto os times que ficarem entre quinto e décimo segundo disputam uma espécie de oitavas de final.

Foto: Vasco.com.brbasquete

Renato, do Vasco, com 21 pontos, foi o cestinha da partida. Pelo Vitória, André fechou com 20 pontos e sete assistências.. Dawkins, com 18 pontos e três rebotes também se destacou pelo time baiano. Nas assistências, Nezinho foi o melhor do Vasco, com seis.

Desde que o Gigante da Colina retornou à elite do basquetebol brasileiro, na edição passada do NBB, só acumulou derrotas diante do clube baiano. Foram duas na fase de classificação do NBB 9 e uma já nesta edição, pelo placar de 77 a 75 no ginásio Poliesportivo de Cajazeiras, na Bahia. Agora, conseguiu o primeiro triunfo jogando em São Januário. O Vasco vinha de uma vitória contra o Pinheiros como visitante.

O jogo

O Vasco abriu com Giovannoni e Renato. Okorie deu troco de três, e os baianos viraram em chute curto. Os vascaínos voltaram à dianteira com Renato em lances livres. Nezinho, de três, ampliou. Os mandantes passaram a dominar quando Gustavo, David Jackson e Nezinho, de novo, converteram de fora do garrafão. O camisa 23 estava bem demais e deu assistência para Renato marcar. DJ fez mais dois. Hayes entrou e marcou de três. O Cruz-Maltino saiu com 30 a 19 no placar.

O Vitória foi quem fez primeiro na 2ª parcial, com André. O camisa 40 voltou a pontuar em chute curto. O Vasco desperdiçou três ofensivas, e André Barbosa pediu tempo. Em bola boa de Fúlvio, Hayes enfim marcou para os mandantes. Kurtz fez pelos baianos. O time visitante encostou. Renato fez de três para esfriar. Gustavo marcou para incendiar a torcida. Giovannoni ampliou com um lance livre certeiro. Dedé, de três, fechou em 44 a 35 para os cruz-maltinos (mas o Vitória teve 16 a 14 no placar da parcial).

Foto: Vasco.com.brBasquete

Novamente, os baianos começaram marcando. Renato respondeu. André, após bola de Okorie, fez mais dois para o Vitória. Os visitantes ensaiaram novamente uma reação, mas o Vasco retomou o controle com pontos principalmente marcados por Renato, David Jackson e Gustavo. Quando Nezinho converteu, a torcida do Cruz-Maltino cantou junto. Assim, os mandantes saíram com 67 a 59 no placar (mas com 24 a 23 para o Vitória no placar da parcial).

A 4ª parcial começou com erros. Dawkins não falhou. Fez de três para o Vitória. Marrelli mudou o time baiano. DJ respondeu de fora do garrafão pelo Vasco. Depois, fez mais dois. O americano do time visitante voltou a fazer de três. Fúlvio marcou na linha de lances livres. Dawkins seguia se destacando pelo rival. Fez duas vezes nos lances livres e deu assistência para André fazer dois pontos. Fúlvio respondeu após sofrer falta. Com assistência de André, Arthur empatou: 83 a 83.

André Barbosa chamou o Vasco para conversar. Jackson foi para a linha de lance livre, fez o primeiro, retomando a dianteira e pôs o segundo no aro, mas Renato pegou o rebote e errou. O Vitória acertou dois lances livres. DJ levou falta dura de André. De novo, fez um e falhou no outro. Arthur, mais uma vez, marcou em passe de do camisa 40 do time baiano. Giovannoni errou bola de três, e Vitória fechou em 89 a 85.

Foto: Vasco.com.brBasquete

Escalações:

Vasco da Gama: Renato, Nezinho, David Jackson, Gustavo e Guilherme Giovannoni. Suplentes: Alexei, Luiz Felipe, Dedé, Fúlvio, Bruninho e Chris Hayes. Técnico: André Barbosa.

Vitória: Okorie, Arthur, Kurtz, Maique e André. Suplentes: João Pedro, Shaw, Dawkins, Mariano e Murilo. Técnico: Régis Marrelli.

Próximos compromissos:

Depois de jogar contra o Vitória em casa, o Vasco da Gama recebe novamente no ginásio em São Januário a equipe do Basquete Cearense na quinta-feira, às 20h (de Brasília). Enquanto isso, os baianos seguirão no Rio de Janeiro para enfrentar o Botafogo no Oscar Zelaya, em General Severiano, também na quinta, no mesmo horário.

Fonte: Globoesporte.com

Enquete

Quem você gostaria que fosse o novo técnico do Vasco?

Deixe seu comentario