Futebol

Contemplado por uma honraria, Vasco tem direito a usar coroa sobre o escudo

Você sabia que o Vasco é um clube contemplado por uma honraria da realeza de Portugal e que poderia, se assim quisesse, acrescentar a palavra "real" antes do nome e a coroa portuguesa sobre o seu escudo?

Essa é uma história que nasceu no longínquo ano de 1907, que ficou perdida após um regicídio - o assassinato de um rei - que chocou Portugal no início do século passado, mas que foi resgatada recentemente. O Vasco é o único clube fora de Portugal que detém esse Alvará Régio.

Os detalhes estão destrinchados no livro "125 anos de Glórias: Real Club de Regatas Vasco da Gama", lançado na quinta-feira em um evento no Palácio de São Clemente, no Rio de Janeiro, onde funciona a sede da Embaixada de Portugal no Brasil. O ge conversou com Manuel Beninger, presidente da Associação Portuguesa dos Autarcas Monárquicos (APAM) e autor da obra (veja um resumo no vídeo acima).

- O livro não é um romance, é um registro histórico. Conta a história desses pequenos pormenores que dão o título ao Vasco. É como se o Vasco fosse o Real Madrid dos trópicos - brincou ele.

Em dezembro de 2016, em uma visita a São Januário, a APAM entregou ao clube a Medalha de Honra pela divulgação das raízes portuguesas. O então presidente Eurico Miranda recebeu a insígnia nas mãos.

Na ocasião, o historiador Henrique Hübner, que era diretor do Centro de Memória do Vasco, comentou sobre o título de nobreza que o clube deveria ter recebido em 1908 (o fato foi noticiado por jornais da época), mas que acabou sendo esquecido ao longo do tempo.

- Ele falou que tinha essa história, que tinha acontecido vagamente, mas que não havia confirmação - explicou Beninger.

- Então quando fui alertado sobre isso, perguntei da vontade do Vasco de ter esse título real. Mostraram grande interesse. Fui a Portugal, fiz as pesquisas, entramos em contato com historiadores, com a Chancelaria da Casa Real Portuguesa e verificou-se que, de fato, existia e havia provas contundentes desse documento a ser entregue ao Vasco da Gama. Existia o título, mas não foi entregue - completou.

"O Real Madrid dos trópicos"

A história é a seguinte: em 1907, como reconhecimento aos feitos do Vasco a favor das raízes portuguesas, o Rei Dom Carlos I promulgou o chamado Alvará Régio. O documento real seria entregue ao clube no ano seguinte, 1908, durante visita do Rei de Portugal ao Brasil para comemorar os 100 anos da abertura dos portos do Rio de Janeiro às nações amigas.

- No entanto, em 1 de fevereiro de 1908, o rei foi assassinado. Houve um regicídio, mataram o rei e o príncipe real. O rei não veio, o título não foi entregue e ficou esquecido na história. Completamente esquecido - contou o autor do livro.

Naquela época, era comum conferir títulos de realeza a clubes de futebol e instituições. No Brasil, resistem de pé até os dias de hoje o Real Gabinete Português de Leitura e o Real Sociedade Clube de Ginástica Português - ambos, assim como o Vasco, receberam o Alvará Régio da Casa Real de Portugal.

É o mesmo que ocorreu com o Real Madrid, que por sua vez recebeu a honraria do Rei espanhol Alfonso XIII. Na Espanha, a Real Sociedad, o Betis, o Valladolid, o Celta de Vigo, o Mallorca e o Espanyol são outros exemplos de clubes que têm "Real" no nome e a coroa sobre o escudo.

- O Vasco é o Real Madrid dos trópicos. Essa era a proposta - disse Manuel Beninger.

Em nome da APAM e informado sobre o interesse do Vasco, Beninger fez a ponte com a Casa Real Portuguesa para renovar os votos do Alvará Régio. O novo documento (foto acima) foi assinado por Dom Duarte de Bragança, atualmente o chefe da monarquia portuguesa, e entregue ao clube em agosto de 2017.

A cerimônia deu fim a uma história que começou há mais de um século.

O livro escrito por Beninger será vendido por um valor simbólico, e toda renda arrecadada será repassada a uma instituição de solidariedade na Guiné Bissau: "Vamos ajudar outro país de língua portuguesa, que é um país muito conhecido. Eles têm o interesse em fazer uma equipe de futebol Vasco da Gama. Vamos comprar uniformes, equipar os jovens e pensarem no Brasil fora do Brasil. Queremos projetar o Vasco fora do continente", concluiu.

Fonte: ge
  • Sábado, 24/02/2024 às 17h30
    Vasco Vasco 2
    Volta Redonda Volta Redonda 1
    Campeonato Carioca Kleber Andrade
  • Terça-feira, 27/02/2024 às 21h30
    Vasco Vasco
    Marcílio Dias Marcílio Dias
    Copa do Brasil Dr. Hercílio Luz
  • Domingo, 03/03/2024 às 18h10
    Vasco Vasco
    Portuguesa Portuguesa
    Campeonato Carioca São Januário