Contra o lanterna, Vasco desencanta!

05/06/2006 às 06h07 - FUTEBOL

Depois de seis partidas sem vencer, o Vasco derrotou (2 a 1) o Santa Cruz, ontem, em São Januário, e quebrou finalmente a má seqüência, conquistando a primeira vitória dentro de casa neste Campeonato Brasileiro. O time cruzmaltino não fez uma boa partida, mas o resultado foi suficiente para colocá-lo na 14ª colocação, com 13 pontos.

Enquanto o Vasco sobe, o time de Valdir Espinosa continua estagnado na lanterna da competição, com apenas três pontos. Os gols vascaínos foram marcados por Abedi e Ramon, enquanto Váldson descontou para os pernambucanos.

O Vasco começou pressionando o Santa Cruz que tentava, sem sucesso, buscar o contra-ataque. Não demorou muito para o time cruzmaltino abrir o placar. Aos 7 minutos, Abedi arriscou de longe e o goleiro Juninho aceitou. Mesmo em vantagem, o Vasco seguiu pressionando, mas o Santa Cruz, com uma forte marcação, neutralizava as investidas vascaínas.

Melhor posicionado na defesa, o adversário conseguiu equilibrar a partida e criar algumas jogadas, mas sem muito perigo. Enquanto isso, o time de Renato Gaúcho mostrava um fraco poder ofensivo, com Valdiram e Faioli isolados e numa tarde pouco inspirada. Com isso, o nível da partida caiu muito e fez com que alguns torcedores começassem a mostrar impaciência.

Na segunda etapa, o jogo melhorou. O Santa Cruz chegava com mais perigo, enquanto o Vasco, apesar de melhor estruturado do que no primeiro tempo, mostrava pouca ousadia. A falta dela custou caro ao time de São Januário. Aos 21 minutos, o árbitro marcou um pênalti , duvidoso, a favor do adversário, depois que a bola bateu no baço de Fábio Braz. Váldson cobrou e empatou.

Mas o empate não durou muito. Logo na saída de bola, Diego foi derrubado na área e Leandro Pedro Vuaden marcou o pênalti. Ramon fez uma firula ao correr para cobrança, mas chutou com categoria e colocou novamente o Vasco em vantagem. No lance seguinte, novo pênalti para o Vasco, mas dessa vez, Ramon chutou na trave. A vantagem fez o Vasco recuar e o Santa Cruz pressionar. Mas o placar seguiu inalterado.

Vasco x Santa Cruz

Vasco(2): Cássio, Wagner Diniz, Jorge Luiz, Fábio Braz e Diego; Andrade, Abedi (Éder), Ramon (Alberoni) e Morais; Valdiram (Ernane)
e Faioli.
Técnico: Renato Gaúcho

Santa Cruz(1): Juninho, Adriano, Valdson e Valença; Osmar, Augusto Recife, Bruno Lança (Júnior Maranhão), Zada (César) e Xavier
(Cássio); Luciano e Nenê.
Técnico: Valdir Espinosa

Local: São Januário, Rio de Janeiro
Público: 15 mil pagantes Renda: R$ 150 mil
Cartões amarelos: Ramon, Bruno Lança, Júnior Maranhão, Fábio Braz, Váldson e Cássio
Gols: Abedi, aos sete minutos do primeiro tempo. Valdson, aos 22; e Ramon, aos 24 minutos do segundo tempo.

Fonte: Jornal dos Sports