Corinthians x Vasco: Castán reencontra seu ex-clube

29/09/2019 às 09h46 - CLUBE

Um reencontro especial. Depois de balançar com uma sondagem do Corinthians durante o período de férias deste ano, Leandro Castan enfrentará com a camisa do Vasco hoje (29), pela primeira vez após o episódio, às 11h, na Arena Corinthians, o clube onde conquistou títulos importantes, surgiu para o cenário internacional e que não esconde o carinho.

Capitão do Cruzmaltino e bastante prestigiado junto ao torcedor vascaíno - que costuma cantar que ele é o melhor zagueiro do Brasil - Castan garante que tudo ficará para trás quando a bola rolar.

"Sempre vai ser especial para mim e para toda a minha família. Mas é até ali e pronto. Quando entro em campo, estou vestindo a camisa do Vasco e quero ser tão feliz quanto fui lá e conquistar títulos", declarou.

Na ocasião, o presidente corintiano Andrés Sanchez procurou pessoalmente Castan que, por todo o carinho e história pelo Corinthians - onde foi campeão brasileiro e da Libertadores - ficou seduzido. Porém, após muito mistério, o zagueiro resolveu ficar e renovar em março o contrato com o Vasco até dezembro de 2022.

Castan costuma dizer que tem muita gratidão pelo Cruzmaltino por abrir as portas a ele no retorno ao Brasil após todo o drama que passou na Europa com um tumor na cabeça.

No jogo do primeiro turno, na Arena da Amazônia, o zagueiro não enfrentou o Corinthians no empate em 1 a 1 por estar lesionado.

Freguesia do Vasco está grande

Castan terá vida dura pela frente hoje. O Vasco simplesmente não vence o Corinthians há 9 anos. A última vitória aconteceu dia 13 de outubro de 2010, por 2 a 0, no Campeonato Brasileiro da ocasião.

De lá para cá, foram 17 confrontos, com 10 vitórias corintianas e 7 empates, sendo que algumas das derrotas vascaínas foram acachapantes como, por exemplo, um 5 a 2, dois 4 a 1 e um 3 a 0.

"Vai ser um jogo difícil. Dois jogos que não conseguimos vencer em casa, mas vencemos dois fora. Ano passado sofremos tanto para ganhar fora. A equipe pode jogar contra qualquer outra equipe, também somos fortes", declarou Castan.

Fonte: UOL Esporte