Cosendey projeta clássico nacional contra o Corinthians, em Brasília

26/07/2018 às 17h11 - FUTEBOL

Sem o argentino Leandro Desábato, preservado em virtude da sequência de jogos na semana que marcou o retorno das competições nacionais após a Copa do Mundo, o treinador Jorginho optou pela escalação de Bruno Cosendey entre os titulares na estreia do Vasco da Gama na Conmebol Sul-Americana 2018. Foi a primeira vez que o jovem disputou uma partida internacional entre os profissionais e também na altitude.

- Foi a minha primeira experiência atuando na altitude e posso dizer que é bastante diferente jogar com ela. A respiração fica mais lenta e você sente um pouco mais de dificuldade para se recuperar nas jogadas. Teve um momento que eu fiquei um pouco tonto depois de uma cabeçada, mas dei uma respirada, bebi uma água, me senti melhor e voltei para o campo - afirmou o volante.

Embora admita ter sentido um pouco os efeitos da altitude, Bruno Cosendey foi enfático ao afirmar que a mesma não teve influência no lance que resultou no primeiro gol da LDU. Antes de Anangonó inaugurar o marcador para a equipe da casa com um chute certeiro, aos sete minutos da etapa inicial, o prata da casa errou um passe no meio-campo e acabou iniciando o contra-ataque adversário.

- O lance do primeiro gol não teve influência da altitude. Foi um erro de passe meu e faço questão de assumi-lo. Futebol é assim. Às vezes você acerta, em outras você erra. Hoje eu errei. O importante é reconhecer quando uma infelicidade acontece e trabalhar ainda mais forte, até mesmo para dar a volta por cima e fazer com que ela não volte a acontecer no futuro - declarou o prata da casa.

Junto com a delegação vascaína, Bruno Cosendey desembarcou na manhã desta quinta-feira (26/07) em Brasília. Na capital federal, no próximo domingo (29), o volante terá a primeira oportunidade de dar volta por cima. Pela 16ª rodada do Brasileirão, o Gigante da Colina mede forças com o Corinthians no Mané Garrincha. O objetivo? Ter uma grande atuação e ajudar o Vasco a se aproximar do G6.
 

- Temos que continuar com aquele espírito de Vasco. É entrar em campo focado, determinado e unido. Um tem que se entregar pelo outro. Temos mostrado isso nos jogos do Brasileiro e agora não pode ser diferente. Se vencermos o Corinthians, ficamos numa situação ainda melhor na tabela e colamos no G6, mesmo estando com dois jogos a menos - concluiu Bruno Cosendey.

Foto: Carlos Gregório JrCosendey (e) e Hugo
Cosendey (e) e Hugo

Fonte: Site oficial do Vasco

Enquete

Quem você gostaria que fosse o novo técnico do Vasco?

Deixe seu comentario