De volta para casa?

04/01/2006 às 10h41 - FUTEBOL

Diretoria do Vasco corre atrás de um grande nome para fechar o elenco para a disputa do Estadual, a Copa do Brasil, a Copa Sul-Americana e o Campeonato Brasileiro. De acordo com as informações que está sendo ventilado em São Januário, o nome preferido é do meia Felipe (foto), ex-Fluminense. O interesse pelo jogador, que surgiu nas categorias de base de São Januário, é antiga. Na chegada do meia sérvio Petcovick para o Fluminense, Felipe foi sondado, mas o negócio não fluiu. Agora, o Vasco tenta novamente contratá-lo, já que a equipe terá quatro competições difíceis e desgastantes, onde o clube entende que necessita de um grupo de cerca de 30 jogadores de um bom nível para enfrentar as adversidades ao longo do ano.

Atualmente, o jogador defende o Al-Sadd, do Qatar, e tem contrato até o mês de maio. No entanto, duas coisas pesam contra. Uma é o alto valor da multa recisória com o clube árabe e a outra é o interesse dos dirigentes cruzeirenses que já manifestaram interesse e, segundo a própria diretoria mineira, Felipe teria feito um acordo verbal, no qual se comprometia de antes de acertar com qualquer outra equipe brasileira, ele conversaria com o Cruzeiro.

No Vasco, ninguém confirma que o meia é o nome que está sendo tentado, mas também ninguém nega. O técnico Renato Gaúcho elogiou Felipe, e acha uma boa aquisição.\"O Felipe é um grande jogador, possui uma grande qualidade. Todos os grandes craques é obvio que nós gostaríamos de contar, mas ele tem contrato com os árabes e eu acho complicado ele chegar agora. Caso essas as negociaçõe entre a direção do Vasco e o jogador venha acontecendo, só poderiamos contar com ele, no segundo semestre. No momento, só vou pensar com o grupo que tenho em mãos. Afinal, tenho que viver a minha realidade que são os jogadores que tenho a disposição para a preparação visando a estréia na Taça Guanabara. Agora, se sobrar um \"dindin\" e a diretoria achar que deve trazer um reforço, será muito bem-vindo\", comentou Renato Gaúcho.

O treinador acredita que, independente da chegada ou não de mais um reforço, o elenco do Vasco está forte para a disputa da Taça Guanabara, onde o clube fará a sua estréia no dia 15 de janeiro, diante do Madureira, em São Januário.

\"O elenco já provou que os torcedores vascaínos podem acreditar nos jogadores. Sei do potencial que cada um pode dar e entendo que esse ano vamos dar muitas alegrias à torcida. Quanto mais tempo nós tivermos para treinar, melhor será o nosso desempenho\", disse o treinador.

Fonte: Jornal dos Sports