Decisivo: Yago Pikachu marca duas vezes e faz história no Vasco

01/04/2018 às 21h58 - FUTEBOL

Entrar em campo e ser decisivo tem sido rotina para Yago Pikachu na temporada de 2018. Na tarde deste domingo (01/04), no primeiro jogo da decisão do Campeonato Carioca, o paraense voltou a brilhar. Foram dele dois dos três cruzmaltinos na vitória por 3 a 2 sobre o Botafogo. Com o resultado obtido no Nilton Santos, o Almirante jogará por um empate na semana que vem, no Maracanã.

- É um começo de ano muito positivo para mim. Está sendo o melhor início de temporada desde que cheguei ao Vasco. Para falar a verdade, eu não mudei muita coisa na minha rotina. Segui trabalhando e me dedicando, mesmo em alguns momentos não atuando na minha posição. O Zé me deu uma sequência desde que chegou. Nesse ano surgiu a oportunidade para que eu pudesse atuar como lateral e consegui ter boas atuações. Vou continuar fazendo o meu melhor para fazer com que esse bom momento dure por muito tempo - afirmou Yago Pikachu. 

Assim como ocorreu na semifinal do Estadual, diante do Fluminense, o gol que selou o triunfo vascaíno foi marcado nos últimos minutos, quando todos já aguardavam o apito final do árbitro, no apagar das luzes. A entrega demonstrada pelo Gigante da Colina em suas últimas exibições foi exaltada por Yago Pikachu. O camisa 22 destacou o comprometimento do grupo com as cores do Cruzmaltino.

- Saímos daqui hoje com uma sensação de felicidade. É verdade que essa vitória nos traz um pouco de tranquilidade e temos uma vantagem considerável, mas está tudo aberto, não tem nada definido. Fiquei muito feliz por ter marcado dois gols numa final, mas não poderia deixar de agradecer ao grupo. Somos uma família. Em nenhum momento deixamos de acreditar que poderíamos sair de campo com a vitória. Todo esforço foi coroado com aquele gol do Ríos no final. Agora é descansar, pois o próximo jogo tem tudo para ser ainda mais difícil - disse o camisa 22.

Com os tentos anotados contra o Alvinegro, Yago Pikachu ultrapassou Fagner, hoje no Corinthians, e se tornou o lateral-direito com mais gols pelo Vasco da Gama no Século 21. Com 16 gols em 103 jogos pelo Almirante, o paraense bom de bola não esconde de ninguém o desejo de se tornar o maior lateral-direito artilheiro da história vascaína. Orlando Lelé, com 31 gols, e Pimentel, com 24, estão na sua frente.

- É uma marca importante para mim. Tinha conhecimento que poderia ultrapassar o Fagner a qualquer momento, mas procurei me manter tranquilo e não tornar isso uma obsessão. Sabia que os gols iam sair naturalmente. Acabou que eles vieram logo numa final, num clássico, num jogo tão importante. Agora é seguir trabalhando, pois tenho como objetivo me tornar o lateral-direito com mais gols da história do Vasco. Ainda faltam muitos gols, mas vou dar o meu melhor para alcançar essa meta - concluiu o lateral-direito.

Foto: Paulo Fernandes/VascoPikachu se antecipa aos marcadores e anota o segundo
Pikachu se antecipa aos marcadores e anota o segundo

Fonte: Site oficial do Vasco

Enquete

Qual a culpa dos problemas políticos do Vasco na campanha do clube no Brasileiro?

Deixe seu comentario