Detalhes de contrato com Diadora revelam que Vasco paga por uniformes

11/05/2019 às 10h49 - FUTEBOL

R$ 200 mil. Este foi o valor que o Vasco arrecadou de parceria em 2018 com a Diadora, empresa de fornecimento de material esportivo que o ex-presidente Eurico Miranda assinou contrato no "apagar das luzes" de seu mandato em 2017. O valor e toda a engenharia do vínculo foi revelado pelo vice-presidente de Controladoria do clube, Adriano Mendes, ao programa "A Voz do Vascaíno"

As suspeitas sobre os termos da parceria passaram a aumentar a partir do momento em que foi divulgado o balanço financeiro do Vasco referentes a 2018, em que consta os custos com materiais esportivos, o que não acontecia, por exemplo, em 2017.

De acordo com Mendes, todo uniforme utilizado pelo Cruzmaltino é pago. O lucro vem da venda destas peças no mercado, algo que não tem compensado nesta balança financeira, vide o saldo do ano passado.

"O contrato com a Diadora é isso. Não se prevê enxoval, nenhuma camisa que seja disponibilizada para o clube. Qualquer camisa disponibilizada é paga", declarou Mendes.

A revelação rapidamente gerou polêmica entre os torcedores nas redes sociais, que se mostraram indignados.

Vice de marketing, Bruno Maia também se manifestou sobre o tema e destacou que o departamento tem trabalhado para encontrar soluções, complementando que "até lá, é atenção, vigilância, prospecção e respeito institucional ao Vasco, aos contratos, aos parceiros e ao mercado".

O dirigente não negou que o clube está insatisfeito com o modelo de parceria com a Diadora:

Bruno Maia ◤✠◢ ✔ @brunomaiavasco

- Ninguém tem dúvidas de que a Diadora vem deixando a desejar e precisa melhorar muito em vários aspectos além do contrato, que não foram sequer citados pelo Adriano.

Apesar disso, Adriano Mendes informou que houve uma melhora na balança financeira em abril, impulsionada pelo lançamento da camisa I neste mês: "

Agora nesse mês de abril conseguimos que o número fosse positivo. Começamos a ter um lucro mais razoável. Talvez R$ 300 mil ou R$ 400 mil por mês".

Consultado pelo UOL Esporte sobre o assunto, o presidente do Conselho Deliberativo, Roberto Monteiro, foi sucinto em sua avaliação:

"Não reconheço esse vice-presidente, que não é estatutário. Se não for o presidente falando, prefiro não falar"

Vasco aguarda por enxoval para o Brasileiro

Outro ponto que tem causado incômodo em São Januário, apesar de ainda não ter sido falado publicamente, é em relação a todo o enxoval para o Campeonato Brasileiro, o que inclui agasalhos, roupas de viagem e outros adereços. Até o momento, o elenco tem utilizado o mesmo material do ano passado.

Em 2019, o Vasco já lançou as camisas I e II, o uniforme de treino e as camisas de goleiro. Vale lembrar que o design dos modelos não é feito pela Diadora e, sim, pelo próprio departamento de marketing cruzmaltino, que após aprovação interna no clube, é enviado para a fabricação.

Diadora diz que trabalha para corresponder expectativas

O UOL Esporte entrou em contato ontem (10) com a assessoria de imprensa da Diadora. Hoje (11) pela manhã, a empresa emitiu a seguinte nota oficial:

"A Diadora declara que está trabalhando para dar o seu melhor e corresponder às expectativas do clube e do torcedor, desenvolvendo produtos baseados em tecnologia, inovação e design de qualidade. Atenciosamente, assessoria de imprensa da Diadora no Brasil".

Brant queria cancelar contrato

O UOL Esporte conversou com pessoas ligadas ao grupo "Sempre Vasco" do ex-candidato Julio Brant, que venceu a eleição em 2017, mas não se tornou presidente após Alexandre Campello romper a aliança, fazer uma costura política e vencer o pleito na votação entre os conselheiros.

Segundo elas, a ideia era a de cancelar o contrato com a Diadora assim que tomassem posse mesmo que isso significasse uma batalha jurídica posteriormente.

Dirigente diz ter conversado com 12 marcas

Ainda em seu manifesto, Bruno Maia alega ter conversado com 12 marcas de material esportivo desde que assumiu o posto de vice-presidente de Marketing, ressaltando que algumas empresas têm reduzido suas operações

Bruno Maia ◤✠◢ ✔ @brunomaiavasco

- 6) Desde q cheguei, o MKT já tive encontrou com 12 marcas esportivas. Pensou em uma? Já conversamos. Conhecemos bem o momento do Vasco no mercado. 7) Seguimos trabalhando muito, mas muito mesmo, pra resolver e oferecer o melhor pro Vasco

Fonte: UOL