Diante o Cabofriense, Vasco reencontra o técnico Valdir Bigode

17/03/2019 às 08h50 - FUTEBOL

Quando entrar em campo na tarde deste domingo, para enfrentar a Cabofriense, em Cariacica, no Espírito Santo, o Vasco terá pela frente um velho conhecido: o técnico Valdir Bigode, que, como jogador, ganhou quatro Cariocas pela equipe da Colina, em 1992, 1993, 1994 e 2003.

Será a quarta partida do ex-atacante vascaíno, que fez 47 anos na sexta-feira, no comando do time. Até agora, são duas vitórias e apenas uma derrota, para o Fluminense, por 2 a 1, no domingo passado.

Artilheiro do Carioca em 1993 e 2004 pelo clube que o revelou, Valdir é realista sobre o desafio de logo mais:

— A preparação foi bem tranquila. Eu e a comissão gostamos de manter um padrão bem pé no chão. Ensaiamos poucas jogadas e caprichamos nessas duas ou três.

E como é enfrentar uma equipe que, em 13 jogos, ainda não perdeu em 2019?

— O Vasco é um time que está despontando no país, invicto, sempre tem uma boa equipe, não vai ser fácil. Mas a gente vai tentar. Equipe pequena contra grande, e vamos, de todas as formas, procurar surpreender — contou Valdir.

No ataque vascaíno, como Maxi López está suspenso (levou cartão no empate em 1 a 1 com o Flamengo), Ribamar será seu substituto.

O jogo será o 11º do ex-atacante do Botafogo com a camisa vascaína, o sexto como titular. Até agora, Ribamar tem um gol, na vitória por 2 a 0 sobre o Serra, fora de casa, pela Copa do Brasil.

Fonte: O Globo