Diretoria decide afastar 3 jogadores do elenco

10/01/2020 às 09h51 - FUTEBOL

Fábio Azevedo:

Três jogadores do Vasco foram afastados, por decisão da diretoria, e vão trabalhar em horários alternativos (quando o treino for integral, eles só trabalham de manhã com o grupo e não à tarde. Quando for em apenas em um período, eles vão no outro turno). O meia Bruno César e os laterais Claudio Winck e Rafael Galhardo, que voltou de empréstimo do Grêmio. A decisão de afastar os três é para abrir espaço na folha em busca de novos reforços.
O técnico Abel Braga, que acabou de chegar ao clube, nem conversou com os atletas e apenas comunicou ao grupo que “respeitaria a decisão da diretoria”. Ainda nas férias, alguns jogadores foram procurados para saber se tinham propostas e/ou se interessavam por um acordo. A questão toda passa pela parte financeira.
Hoje, o clube deve os 5 meses de contrato de imagem, novembro (CLT), férias, 13º, FGTS, premiações (Taça GB e avanço de fase na Copa do Brasil), além de bichos por resultados no Campeonato Brasileiro (prática normal no futebol).
E agora, será que afastar foi a melhor solução ou o problema pode ficar ainda maior, caso os jogadores não entrem em acordo, como pretende a diretoria?
#futebol #vasco #vascodagama #fabioazevedotv

Rádio Brasil:

Vasco Bruno César, Rafael Galhardo e Cláudio Winck estão treinando normalmente mas já foram avisados pela diretoria que não permanecem em 2020 no elenco.

Fonte: Instagram de Fabio Azevedo e Twitter da Rádio Brasil