Futebol

Duelo de muques: Payet protagoniza disputa da comemoração com rival; entenda

Dois braços erguidos, bíceps contraídos e cara de mau. Até quem não gosta de futebol consegue identificar que essa comemoração é de Gabigol, certo? Não se essa pergunta for feita na Europa, onde Payet já fazia o gesto há tempos. Em lados opostos hoje (4), no clássico no Maracanã, os astros de Flamengo e Vasco protagonizam o "duelo de muques".

Muque francês na Inglaterra

  • A pessoas próximas, Payet relatou acreditar que gesto nasceu nos tempos de West Ham. Ele defendeu o clube inglês entre 2015 e 2017.
  • Payet já sabe que Gabigol também comemora desta forma. De perfil comedido, prefere não polemizar e rivalizar sobre o assunto.
  • O atacante do Flamengo, por sua vez, comemorou pela primeira vez ainda no Santos, em 2018. Mas foi no Rubro-Negro que a celebração caiu nas graças da galera.
  • O camisa 10 enxergou o potencial do gesto e hoje ele é uma marca registrada. Inclusive, tornando-se logo da "Gabigol Store", loja que vende produtos referentes ao jogador.

Eu estava com um amigo em Santos, na igreja. Ele disse para eu fazer uma comemoração diferente. Todo mundo faz várias. Eu faço aquilo para glorificar a Deus no golGabigol, ao canal "De Sola"

Jael, o Cruel, já reivindicou

  • Jael, que fez sucesso no Grêmio, já reivindicou a comemoração. O episódio aconteceu em 2019, quando a celebração explodiu com Gabigol, no embalo dos títulos da Libertadores e do Brasileiro.

Tem alguém querendo roubar a comemoração do monstro do bem? Só para constar, eu faço essa comemoração desde 10 de março de 2018. Se a pessoa fez antes, eu entendo que precisarei mudar a minha, mas senão... É melhor ele ir procurando outra para fazerJael, no Instagram, em 2019

  • Gabigol, por sua vez, retrucou. Ele repostou de um seguidor uma foto de tal comemoração em fevereiro de 2018, ainda pelo Santos, acompanha de emojis sorridentes. A publicação original ainda tinha a hastag #fevereirovemantesdemarço.

"Torcida do Olympique está com saudade de Payet"

  • Assim como Gabigol, Payet tem o rótulo de ídolo de um clube. No caso do francês, a idolatria foi atingida no Olympique de Marseille.

Foi um casamento lindo, com algumas crises, mas hoje em dia a torcida está realmente com muita saudade, principalmente nessa temporada, onde não há um jogador como ele, que tem essa magia. Isso deixou a torcida triste e se dando conta de que, realmente, eles tinham um jogador especial. Mas a história não acabou, ele tem um contrato para depois da carreira virar diretor do OlympiqueÉric Frosio, jornalista do jornal francês "L'Equipe"

Gabigol lança moda; Payet está se adaptando

  • Gabigol tem outras facetas além da comemoração do muque. Midiático, o atacante do Flamengo costuma criar moda também no estilo de cabelo, algo imitado por crianças e jovens.
  • Sua popularidade fez surgir até mesmo um famoso sósia. Jefferson Salles atualmente conta com mais de 462 mil seguidores no Instagram.
  • Já Payet está se "abrasileirando". No Vasco desde agosto, ele se tornou fã de feijão com arroz, farofa e picanha, mas tem agido com moderação e perdeu 8kg para esta temporada.

Fonte: UOL Esporte
  • Terça-feira, 27/02/2024 às 21h30
    Vasco Vasco 3
    Marcílio Dias Marcílio Dias 1
    Copa do Brasil Dr. Hercílio Luz
  • Domingo, 03/03/2024 às 18h10
    Vasco Vasco
    Portuguesa Portuguesa
    Campeonato Carioca São Januário