É hoje! Vasco enfrenta o Macaé em São Januário

01/03/2018 às 08h10 - FUTEBOL

Cinco gols sofridos de bolas aéreas nos últimos dois jogos, contra Jorge Wilstermann (BOL) e Portuguesa (RJ). O número preocupante ligou o alerta do técnico Zé Ricardo que, de olho na estreia na fase de grupos na Libertadores semana que vem, tentará corrigir o problema a partir desta quinta-feira, quando o Vasco recebe o Macaé, às 19h30, em São Januário, em jogo adiado da primeira rodada da Taça Rio.

Durante os dias que antecederam ao duelo, o treinador fez treinamentos com o objetivo de amenizar a situação e é bem possível que faça uma modificação na equipe titular. Ele deve sacar o jovem zagueiro Ricardo, que tem apenas oito partidas como profissional e demonstrou certa dificuldade nas jogadas aéreas, para colocar o experiente equatoriano Erazo em dupla com Paulão.

Já projetando a Libertadores, quando receberá a Universidad de Chile, em São Januário, no próximo dia 13, as jogadas pelo alto são motivos de ainda mais preocupação pois no outro jogo do grupo do Vasco, entre Racing (ARG) e Cruzeiro, na última quarta, nada menos do que três gols saíram desta forma na vitória dos argentinos por 4 a 2.

Atacante reserva cruzmaltino, mas que tem entrado constantemente nas partidas, Riascos fez mea-culpa e admitiu que os homens de frente também precisam ajudar mais defensivamente.

"Com o trabalho vamos melhorar. Precisamos ajudar também a melhorar a defesa, o time tem que melhorar essa questão de levar gols em cruzamentos", declarou o colombiano.

A equipe que entrará em campo diante do Macaé nesta noite deverá ser a mesma que enfrentará os chilenos na semana que vem.

VASCO X MACAÉ
Local: São Januário, Rio de Janeiro (RJ)
Hora: 19h30 (horário de Brasília)
Árbitro: Wágner do Nascimento Magalhães
Auxiliares: Rodrigo Figueiredo Henrique e Daniel do Espírito Santo Parro

Vasco
Martín Silva, Yago Pikachu, Erazo, Paulão e Henrique; Desábato e Wellington; Wagner, Evander e Paulinho; Andrés Rios
Técnico: Zé Ricardo

Macaé
Luis Cetin; Marcelo, Igor João, Admilton e Lucas Gabriel; Julio César, Maranhão, Lepu, Alex e Edinho; Pipico
Técnico: Josué Teixeira

Fonte: UOL Esporte

Enquete

Você é favorável ao retorno de Antônio Lopes no cargo de dirigente?

Deixe seu comentario