Eleição do Vasco chega a sua fase decisiva

07/10/2020 às 08h25 - POLÍTICA

Chegou a reta final. Daqui a exatamente um mês, o sócio do Vasco irá escolher o presidente do clube para o próximo triênio. Aos poucos, o cenário vai clareando e alguns dos candidatos articulam alianças, enquanto outros investem pesado nas redes sociais e, principalmente, no YouTube, onde têm promovido lives e programas bem semelhantes com os que são exibidos nas propagandas eleitorais de políticos para cargos públicos.

As opções, por enquanto, são oito: Alexandre Campello, Ariston Augusto, Jorge Salgado, Julio Brant, Leven Siano, Luis Manuel Fernandes, Nelson Medrado Dias e Sérgio Frias.

Fred Lopes retirou sua candidatura para apoiar a tentativa de reeleição de Alexandre Campello, caminho que Luis Manuel Fernandes também deverá tomar, mas para se aliar ao advogado Leven Siano.

O recuo de Fernandes, inclusive, foi o que motivou Sérgio Frias, líder do grupo Casaca, a lançar seu nome, se colocando como um caminho a quem se simpatiza mais com a filosofia administrativa do ex-presidente Eurico Miranda.

Brant, Leven e Salgado investem no YouTube

As campanhas que têm investido mais nas divulgações de seus candidatos são as de Jorge Salgado, Julio Brant e Leven Siano.

Salgado foi o nome escolhido pela chapa "Mais Vasco", uma união de grupos que, em sua maioria, apoiou Julio Brant na eleição de 2017.

Semanalmente, episódios de cerca de uma hora são exibidos no canal deles no YouTube, onde têm focado na apresentação de propostas. Um perfil bem semelhante que é executado pela turma de Brant, denominada de "Sempre Vasco", e que já carrega essa expertise da comunicação virtual com os vascaínos desde os últimos dois pleitos do clube.

Leven Siano foi o primeiro a se lançar como pré-candidato e, desde então, não tem poupado dinheiro para divulgar sua campanha, seja em lives no YouTube ou em publicidade em outdoors e ônibus da cidade, além do chamado "corpo a corpo" com o eleitor.

Campello aposta em CT e reforma de São Januário

Após se livrar de uma inelegibilidade na Justiça, Alexandre Campello mergulhou de cabeça na tentativa de se reeleger e aposta na construção do centro de treinamento em Jacarepaguá (zona oeste do Rio de Janeiro) e no projeto de reforma e ampliação de São Januário para se manter por mais três anos à frente do Vasco.

Os dois temas têm sido explorados pelo dirigente em lives realizadas pela Vasco TV, canal oficial do clube no YouTube e que também se tornou uma "menina dos olhos" dos outros candidatos, que têm projetos específicos para este produto.

Ariston e Dias também podem se aliar a outros

Embora ainda não tenham se manifestado publicamente sobre desistir do pleito, são grandes as possibilidades de que Ariston Augusto e Nelson Medrado Dias retirem suas candidaturas e declarem apoio a um dos postulantes ao cargo máximo do Club de Regatas Vasco da Gama.

Foto: DivulgaçãoAriston
Ariston

Fonte: UOL Esporte