Eleições diretas e reforma do estatuto terão votações separadas

31/07/2020 às 15h42 - POLÍTICA

Presidente da Assembleia Geral do Vasco, Faués Cherene Jassus, o Mussa, convocou, para o próximo dia 25, a reunião que colocará em votação a reforma do estatuto e a eleição direta para presidente do clube.

De acordo com a ata de convocação, as pautas serão votadas de forma separada. O tópico vinha causando polêmica nos bastidores de São Januário porque alguns grupos políticos eram a favor de um pleito único para os dois assuntos, enquanto outros apoiavam que fossem feitos dois movimentos independentes.

Na próxima segunda-feira, a Junta Deliberativa - formada pelos presidentes dos cinco poderes do Vasco - deve divulgar a lista de sócios aptos a participarem dessa Assembleia Geral.

Dois sócios entraram, recentemente, com uma ação judicial pedindo que as próximas decisões da Junta Deliberativa no que diz respeito a essa lista de sócios se tornassem nulas.

Veja convocação para a Assembleia Geral:

"O PRESIDENTE DA ASSEMBLEIA GERAL DO CLUB DE REGATAS VASCO DA GAMA, cumprindo o disposto no § 2º do Artigo 61 do Estatuto do Club c/c os Artigos 5º e 15º do Regimento Interno da Assembleia Geral, DESIGNA o dia 25 de agosto de 2020 (terça-feira) para realização de Assembleia Geral Extraordinária, em conformidade com o Inciso I do Artigo 74 do Estatuto, com a finalidade de APROVAR ou NÃO: 

1- A Reforma do Estatuto Social;

2- A Eleição Direta para Diretoria Administrativa (Presidente, 1º Vice e 2º Vice)".

Fonte: UOL Esportes