Futebol

Em 1992, Vasco e Santos fizeram um jogo de seis gols; relembre

O Santos enfrenta o Vasco da Gama, neste domingo, às 16h (de Brasília), em São Januário, pela sexta rodada do Campeonato Paulista. O confronto é marcante para um ex-atacante que fez história no Peixe.

Paulinho McLaren defendeu o Santos entre 1989 e 1992, tendo disputado 141 jogos e anotado 57 gols. O melhor momento foi na temporada de 1991, quando foi o artilheiro do Campeonato Brasileiro, com 15 gols.

Mas foi na temporada seguinte, pelo Brasileirão, que Paulinho fez um dos seus principais jogos com a camisa do Santos. O Peixe enfrentaria o Vasco, no Maracanã, pela 1ª rodada da segunda fase da competição.

A equipe comandada por Geninho tinha avançado em oitavo lugar após um empate sem gols com o próprio Gigante da Colina. Já a equipe carioca terminou aquela primeira fase com a melhor campanha. No reencontro entre as equipes, um novo empate, porém, em um jogo bem movimentado: 3 a 3.

No confronto conhecido como o "duelo dos artilheiros", Paulinho McLaren anotou todos os gols do Santos, enquanto Bebeto marcou três vezes para o Vasco da Gama. O ex-atacante santista recorda o jogo.

– Foi uma atmosfera diferente. Nós nos classificamos uma semana antes, em São Januário. Ficamos em oitavo lugar, e durante a semana inteira todo mundo falava que o Vasco iria golear o Santos. Nós chegamos sem a responsabilidade pelo resultado.

– Abrimos o placar. Eu fiz os gols gêmeos do Santos e depois marquei o terceiro, uma pintura com o passe do Guga. Uma atmosfera especial, jogar um clássico desse. Quando eu revejo os gols, não é todo dia que se faz um hat-trick no Maraca. Aquele dia foi especial até pelo outro lado, que o Bebeto fez três gols também – recordou Paulinho.

Ao término da segunda fase, o Vasco terminou em segundo lugar do Grupo A, enquanto o Santos ficou em quarto. O Flamengo foi o líder da chave, que avançou e enfrentou o Botafogo na decisão do Brasileirão daquele ano, vencido pelo Rubro-Negro.

Para o ex-atacante, o jogo foi o melhor dele com a camisa do Santos, e não só pelos gols, mas por todo o conjunto apresentado em campo.

– Ficou muito marcado pelos três gols. Eu já tinha feito três gols contra o Botafogo em 1991. Mas pela partida em si foi meu melhor jogo tecnicamente e taticamente. O gol sempre é o melhor momento no futebol. Mas não foram só esses para mim. Foi toda minha participação. A parte tática, a entrega em campo. E um jogo maravilhoso, uma atmosfera especial.

Paulinho McLaren esteve em Santos para acompanhar a vitória santista sobre o Bahia, na última quarta-feira, pelo Brasileirão. O ex-jogador aprovou a forma como o Peixe se comportou na partida e espera que a equipe possa repetir os pontos que deram certo contra o Tricolor baiano.

– É um jogo que o Vasco tem uma necessidade de vencer, está tendo dificuldade de jogar em casa. O Odair trouxe o time para o bloco médio, jogou mais em transição. Foi um time mais vertical. Se o Santos jogar dessa forma tem uma chance de equilibrar a partida e até ganhar. Agora, o Vasco é um caldeirão, pressão tempo inteiro, uma torcida que empurra, uma camisa que inspira também. Mas acredito muito na forma que o Santos encontrou de jogar.

– Espero que o Odair consiga muito mais efetividade nas fases do jogo, nos momentos importantes, no confronto de um contra um, que hoje define muito. Que ele prepare bem e que o Santos consiga uma vitória acachapante porque precisa sair bem no início da competição para depois, lá no final, não sofrer muito.

Fonte: ge
  • Domingo, 21/07/2024 às 16h00
    Vasco Vasco 0
    Atlético Mineiro Atlético Mineiro 2
    Campeonato Brasileiro - Série A Arena MRV
  • A definir
    Vasco Vasco
    Grêmio Grêmio
    Campeonato Brasileiro - Série A A definir
  • A definir
    Vasco Vasco
    Cuiabá Cuiabá
    Campeonato Brasileiro - Série A A definir
  • A definir
    Vasco Vasco
    Red Bull Bragantino Red Bull Bragantino
    Campeonato Brasileiro - Série A A definir
  • A definir
    Vasco Vasco
    Fluminense Fluminense
    Campeonato Brasileiro - Série A A definir
  • A definir
    Vasco Vasco
    Criciúma Criciúma
    Campeonato Brasileiro - Série A A definir