Especulações e Saídas clique aqui

Estatística: Vasco tem a melhor defesa do Carioca

06/04/2019 às 10h11 - CLUBE

O tema do Espião Estatístico de sexta-feira no Troca de Passes foram os confrontos da semifinal do Carioca. Dois jogos únicos de mata-mata, com vantagem para Flamengo e Vasco. No sábado, o Rubro-Negro encara o Fluminense, às 19h, no Maracanã. No mesmo local, o Cruz-Maltino enfrenta o Bangu, domingo, às 16h. Confira abaixo tudo o que você precisa saber sobre os quatro candidatos ao título estadual do Rio de Janeiro.

Flamengo

O Rubro-Negro tem a melhor campanha do Carioca, com 74% de aproveitamento, além do ataque mais positivo, com 28 gols marcados. A defesa é um ponto fraco. Ao lado do Fluminense, tem a zaga mais vazada entre os semifinalistas, com média de 0,85 gol sofrido por partida. O destaque ofensivo é Bruno Henrique, sendo artilheiro do time, ao lado de Gabriel, com seis gols, além de ser, ao lado de Everton Ribeiro, quem mais tem assistências, com quatro passes para gol. O atacante ex-Santos participou diretamente de 36% dos gols rubro-negros. Uma boa opção para o ataque do Flamengo é a bola aérea: 13 dos 28 gols do time começaram em jogadas pelo alto (46%).

O Flamengo no Carioca

Campanha 9V, 4E e 1D 74% de aproveitamento

Gols marcados 28 média de 2 por jogo

Gols sofridos 12 média de 0,85 por jogo

Fluminense

O Tricolor foi o último a conseguir a classificação e chegou às semi graças justamente ao Flamengo, adversário de sábado, que ganhou a Copa Rio. O time de Fernando Diniz tem a pior campanha no Carioca entre os semifinalistas e, ao lado do Flamengo, a pior defesa, com a média de 0,85 gol sofrido por jogo. O destaque individual é Yony González, um dos artilheiros do campeonato, com sete gols, além de ter três assistências, participando diretamente de 40% dos gols do Fluminense. Uma das armas é o lado direito do ataque. Dos 17 gols de bola rolando, 10 começaram por ali (59%).

O Fluminense no Carioca

Campanha 7V, 3E e 4D57% de aproveitamento

Gols marcados 25 média de 1,78 por jogo

Gols sofridos 12 média de 0,85

Vasco

Campeão da Taça Guanabara, a relação atual do Vasco com a torcida não anda das melhores. O que pode ajudar o time a chegar à decisão é o fato de enfrentar o time teoricamente mais fraco das semifinais, precisando do empate. Isso porque, caso não sofra gol, estará classificado, sendo que o Cruz-Maltino tem a melhor defesa do Carioca, com apenas nove gols sofridos. Na frente, o destaque é Marrony, artilheiro do time, com cinco gols, além de ter duas assistências, participando diretamente de 32% dos 22 gols vascaínos no Carioca. Uma ótima opção ofensiva é a bola parada. Oito dos 22 gols (36%) foram marcados a partir de escanteios, falta direta ou pênalti.

O Vasco no Carioca

Campanha10V, 3E e 2D73% de aproveitamento

Gols marcados22média de 1,46 por jogo

Gols sofridos9média de 0,6 por jogo

Bangu

"Intruso" entre os semifinalistas de um campeonato feito para os grandes chegarem às finais, o Bangu quer aprontar ainda mais e vai ter que fazer isso pra cima do Vasco. O alvirrubro entra em campo precisando vencer, e a única vitória contra um time grande do Carioca foi justamente diante do adversário de domingo, na última rodada da Taça Rio. Para balançar a rede, conta com Anderson Lessa,um dos artilheiros do campeonato, com sete gols. O atacante é responsável por 61% dos 13 gols do Bangu no Carioca.

O Bangu no Carioca

Campanha 7V, 1E e 4D 61% de aproveitamento

Gols marcados 13 média de 1,08 por jogo

Gols sofridos 9 média de 0,75 por jogo

Fonte: GloboEsporte.com