Eurico: Levei uma punhalada pelas costas

21/01/2006 às 11h04 - FUTEBOL

O clima entre Vasco e Alex Dias virou um \"barril de pólvora\" e ganhou mais um capítulo. O presidente do Vasco Eurico Miranda não poupou críticas ao atacante, se dizendo traído pelo jogador, que na última semana articulou, por intermédio de uma ação na Justiça, a sua saída do Vasco para se apresentar ao São Paulo. \"A última coisa que eu esperava era uma reclamação trabalhista. Nós pagamos na sexta-feira, dia 13, o mês de novembro e dezembro, a todos jogadores. Me senti traído, levei uma apunhalada pelas costas. O que me surpreendeu foi a atitude do Alex Dias, mas não tenho dúvidas de que ele foi levado por esses procuradores. Ele não foi reclamar os atrasados, mas sim pegar o passe-livre para ir jogar no São Paulo\", esbravejou Eurico.

O dirigente comentou que após o incidente esperava que Alex Dias fosse se retratar, mas não foi isso o que aconteceu. \"Eu esperava um pedido de desculpas, que havia sido um ato impensado. Mas não, ele diz que foi normal. Aí ele alega que está com dificuldades financeiras, uma pessoa que ganha 100 mil reais por mês ou quatro mil reais por dia, que equivalem a 13 salários mínimos\", desabafou Eurico Miranda.

O presidente fez mea-culpa, admitindo que errou ao ter dado toda assitência quando Alex Dias se lesionou no Brasileirão, no jogo diante do Santos, no dia 26 de outubro. \"Ele se contundiu e ficou sem prestar serviços ao Vasco. Um empregado normal recebe por 15 dias e depois fica por conta do INSS\", lembrou.

As regalias também foram um dos temas da conversa. O dirigente vascaíno disse que a partir de agora será profissional com o jogador. \"Se apresentou depois do dia marcado para os outros jogadores. Toma uma atitude dessas de ir negociar com o São Paulo, que foi anti-ético. Não há ética entre os clubes. O Vasco é imensamente superior a ele. Ele deveria ter gratidão ao Vasco. O Vasco deu uma projeção que ele não teve em 15 anos de futebol. Ele deveria ter um comportamento diferente com o Vasco\", reclamou, acrescentando:

\"O Vasco vai tratá-lo de forma profissional. O clube não vai dar nenhuma cobertura se souber que ele está numa noitada. Se ele cometer deslize, vai haver punição. Ele não vai ter mais regalias. O Vasco vai pagar o que tiver que pagar e pronto. A atitude do Alex Dias foi a atitude de um atleta que não tem nenhuma ligação com o clube que está momentaneamente defendendo.\"

Fonte: Jornal dos Sports