Ex-Vasco, Alecsandro critica a volta do futebol carioca

24/06/2020 às 12h32 - FUTEBOL

O futebol em Alagoas começa a voltar aos poucos. Terça-feira, os treinos presenciais foram retomados por CSA e CRB. Os jogos de futebol, por outro lado, ainda não foram liberados pelo governo.

Na semana passada, a bola voltou a rolar oficialmente no país com o Campeonato Carioca. A decisão dividiu opiniões pelo país.

O atacante Alecsandro, ex-Flamengo e Vasco, está hoje no CSA e se manifestou contrário à retomada do Carioca durante a pandemia. Para ele, a volta dos jogos, mesmo com portões fechados, foi precipitada.

- Como não? Jogar num estádio que tem ao lado um hospital de campanha? Não é só o Rio que quer voltar, todos nós queremos. Mas estamos num momento difícil e temos que respeitar as vidas primeiro. Pela grandeza dos clubes do Rio, teriam que ser bons exemplos - disse o atacante, que liderou homenagens que o CSA fez às vítimas da Covid-19 na última terça.

Cercado de reviravoltas, o Campeonato Carioca recomeçou na última quinta-feira. O Flamengo venceu o Bangu por 3 a 0, no Maracanã vazio. Mesmo com o estádio fechado, Alecsandro disse que foi contra as medidas adotadas para o retorno da competição.

- Acho que todo mundo quer voltar, todas as áreas, mas acho que tem que respeitar o momento de cada estado e cidade. No meu modo de ver, no Rio, estão forçando a situação.

Perguntado sobre a volta do futebol em Alagoas, o centroavante, de 39 anos, disse que apoia o modo como estão sendo conduzidas as etapas da retomada, sem pressa.

- Acho que estamos no prazo. Ainda não voltamos, mas vamos voltar. Os casos estão diminuindo e o governo vem voltando aos poucos. Acho que aqui o governo está acertando o time. Mas, mesmo assim, tem que ser com o máximo de respeito e atenção - destacou Alecsandro.

Com a liberação dos treinamentos, o CSA voltou ao trabalho presencial nessa terça-feira, no CT Nelson Peixoto Feijó. O time não treinava em campo desde o dia 16 de março, quando as atividades foram paralisadas no futebol alagoano.

Fonte: Globoesporte.com