Faues Mussa exige documentos apresentados por Campello

21/07/2020 às 19h32 - CLUBE

O presidente do Vasco, Alexandre Campello, segue sendo cobrado pela Junta Deliberativa que foi formada para elaborar o sistema eleitoral do Vasco em 2020. Em comunicado encaminhado hoje (21) aos envolvidos, o presidente da Assembleia Geral do clube, Faues Jassus, o Mussa, exige que o dirigente apresente documentos na próxima reunião do grupo a ser realizada na próxima sexta-feira (24), às 17h.

No primeiro pedido, o documento solicita que Campello apresente a lista de sócios aptos a voto alterada "com base nas deliberações desta Junta na reunião de 10 de junho". Na ocasião, por exemplo, decidiu-se por quatro votos a um pela exclusão de anistiados e inclusão de mais de três mil não recadastrados (benfeitores remidos, remidos e categoria campeão).

No segundo, existe que o presidente vascaíno apresente o email/ofício que teria enviado à empresa "Feng" solicitando "documentos e movimentações financeiras" dos associados.

A Junta Deliberativa trabalha para formar a lista de sócios aptos a votos nos dois pleitos que estão pela frente: o de chancelamento da reforma do estatuto - ao qual está incluso o voto direto - e a eleição presidencial propriamente dita, que deve acontecer em novembro.

Ela é formada pelos presidentes dos poderes do clube: Alexandre Campello (Diretoria Administrativa), Roberto Monteiro (Conselho Deliberativo), Edmilson Valentim (Conselho Fiscal), Silvio Godoi (Conselho de Beneméritos) e Faues Jassus (Assembleia Geral).

Fonte: UOL