Fla-Flu estipula meta para Vasco se tornar sócio na gestão do Maracanã

06/04/2019 às 10h30 - CLUBE

Vasco e Botafogo juntos com Flamengo e Fluminense na gestão do Maracanã, desde que cumpram uma exigência. O contrato de cessão do Governo do Estado do Rio de Janeiro prevê que os rivais serão sócios desde que atinjam a marca de 25 jogos em um ano.

Por mais que o vínculo inicial seja de seis meses, as partes tratam como certa a renovação pelo mesmo período, tornando viável que a marca seja atingida. O Botafogo tratou com indiferença o acordo para que a dupla Fla-Flu comande o estádio, ao contrário dos vascaínos.

Caso opte por seguir mandando a maioria de suas partidas em São Januário e no Nilton Santos, Vasco e Botafogo terão que pagar R$ 90 mil aos organizadores do evento. O valor é menor do que o previsto pelo consórcio que geria o estádio anteriormente.

Neste cenário, o Vasco, que utiliza o estádio com mais frequência que o Botafogo, que manda no Engenhão, pagava R$ 150 mil para mandar clássicos e R$ 120 mil para jogos de menor apelo (o último foi diante do Brasília). O montante já era menor do que o acordado no ano passado.

Em duelo com o Santos, pelo Brasileirão, pro exemplo, o clube pagou R$ 250 mil pelo aluguel do estádio.

Para que tenha as mesmas condições, Vasco e Botafogo praticamente teriam que abrir mão de seus estádios ao longo de toda temporada. Em um cenário normal, os clubes disputam de 26 a 41 partidas como mandantes na temporadas (confira relação abaixo).

Expectativa de jogos para 2020

Brasileirão: 19

Copa do Brasil: de 1 a 8

Libertadores: 1 a 8 (com pré-Libertadores

Carioca: 5 a 6 (fases de grupos)

Novos responsáveis pela gestão do Maracanã, Flamengo e Fluminense medem forças neste sábado, às 19h (de Brasília), pela semifinal do Carioca. No mesmo estádio e sob a gestão ainda do consórcio atual, Vasco e Bangu disputam a outra vaga na decisão do Estadual.

Fonte: GloboEsporte.com