Funcionários do Vasco tentaram evitar constrangimento de Sidão

13/05/2019 às 09h45 - CLUBE

Antes mesmo da entrega do irônico troféu de ‘Craque do Jogo’ para o goleiro Sidão, o Vasco alertou a TV Globo, emissora que transmitiu a derrota para o Santos no último domingo (12), sobre a covardia do prêmio. O jogador falhou em dois dos três gols da derrota no Pacaembu, pela 4ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O R7 apurou que nos minutos finais da partida, funcionários do clube carioca entraram em contato com a emissora a fim de evitar o constrangimento. Mais do que isso, membros da própria equipe que transmitia a partida foram contra o deboche em rede nacional. A votação era uma escolha do público na internet.

Sem acordo, coube à repórter Julia Guimarães cumprir estritamente o protocolo da premiação e, ainda que sem jeito, entregar o prêmio ao abatido jogador. Sidão, que já havia reconhecido suas falhas, sobretudo no primeiro gol, recebeu educadamente o objeto.

“Foi uma falha minha no primeiro gol”, reconheceu. “Errei. Tomamos o gol e acho que a partir daí se deu esse resultado.”

Após a partida e diante da enxurrada de críticas na mesma internet que elegeu o goleiro — até Neymar se manifestou —, os comentaristas Walter Casagrande Júnior e Roger Flores usaram as redes sociais para criticar a atitude da própria emissora.

“Eu quero pedir desculpas ao Sidão por essa ironia de mau gosto com esse troféu ridículo. O Sidão é um trabalhador honesto e merece o respeito de todos. Me desculpe mesmo”, escreveu Casagrande, seguido pelo companheiro do canal:

“Assino embaixo, Casão. E digo mais, o Sidão foi muito educado”, disse Roger.

Horas mais tarde, a emissora informou que mudou o formato da eleição do Craque do Jogo. Só no Fantástico, o pedido de desculpas foi ao ar, nas palavras do apresentador Tadeu Schmidt, provocado por um dos cavalinhos da atração:

“Fica registrado aqui nosso pedido de desculpa ao Sidão, ao Vasco e aos vascaínos”, disse.

Em nota, a assessoria de imprensa do jogador pediu “respeito ao profissional acima de tudo”.

“Repudiamos com veemência a atitude tomada ao final do jogo na transmissão da Rede Globo. Estaremos sempre juntos, Sidão”, diz o texto.

Já a equipe cruzmaltina afirmou, também em nota, que "repudia a exposição equivocada, constrangedora e desnecessária do atleta"

Fonte: R7