Germán Cano é a principal esperança de gols do Vasco no retorno do Carioca

27/06/2020 às 14h05 - FUTEBOL

Germán Ezequiel Cano Recalde, 32 anos, argentino da pequena Lomas de Zamora. É assim que atende o artilheiro do Vasco da Gama no ano de 2020. Autor de 5 dos 8 gols do clube no ano e caindo nas graças da torcida, Cano volta mais magro e pronto para encarar a reta final da temporada mais forte e focado para resolver os problemas de ataque da equipe.

Ele estará em campo como titular pelo Gigante da Colina amanhã às 16h contra o Macaé em São Januário e sua “reestreia” pela equipe é muito aguardada pelo torcedor que coloca toda sua fé no atacante.

EXPERIÊNCIA

Com 32 anos de idade, o atacante tem experiência de sobra. Revelado pelo Lanús (ARG), Cano passou por vários clubes do futebol argentino, além de passagens pela Colômbia, Paraguai e México.

O Independiente de Medellín da Colômbia, foi o clube onde o argentino mais se destacou e se tornou ídolo por lá. Foram 129 gols em 197 jogos, uma média superior a 0,6 gols por jogo. Além disso tudo, foi eleito o melhor jogador do Campeonato Colombiano por dois anos seguidos (2018 e 2019) e também figurou na seleção do campeonato.

CARACTERÍSTICAS E SONHO

Mesmo com apenas 1,74 m de altura, relativamente baixo para a posição de centroavante. Germán Cano se destaca por ser um atacante com muita mobilidade e oportunista. Mortal dentro da grande área. Características parecidas com a de outro baixinho famoso lá na Colina. Um tal de Romário.

Falando em Romário, Cano afirmou em coletiva realizada pela Vasco TV no último dia 11, o argentino declara que se sente orgulhoso por fazer parte do clube onde o tetracampeão mundial cresceu para o futebol e assim como o Baixinho, ele também sonha com uma estátua.

“Para mim é um orgulho muito grande poder pertencer a instituição que viu Romário crescer. Ele fez muitos gols aqui pelo Vasco, deu muita alegrias para as pessoas. Da minha parte, vou sempre buscar fazer um pouquinho do que ele fez, sempre buscando dar alegrias para as pessoas, o que é o principal. Quero poder me superar, fazer história com o Vasco. Por qual motivo não sonhar com uma estátua aqui amanhã? Espero fazer muito história aqui no Vasco.”

FORMA FÍSICA

O camisa 14 afirmou, na entrevista coletiva realizada pela Vasco TV, que fez dieta em casa durante a quarentena e conseguiu perder peso antes da volta aos treinos.

“O primeiro objetivo era não engordar, cuidar da alimentação, ter atenção à dieta balanceada que me mandaram. Foi importante perder três, quatro quilos de massa muscular, estar mais fino e em ótimas condições para os treinamentos. Foram dois meses de esforço, sacrifício, treinando sábado e domingo para perder esses quilos e estar muito melhor do que estava.”

Em outra coletiva realizada também pela Vasco TV, o preparador físico Léo Cupertino elogiou bastante o argentino: “Chocou positivamente, é tudo que um preparador físico gosta de ver. O Cano é uma grata surpresa, um atleta profissional. Ele foi muito bem nos treinamentos, temos muita esperança nele. Foi uma surpresa positiva. Estou esperançoso.”

CARÊNCIA DE UM ARTILHEIRO

Em 2019 o Vasco teve seríssimas dificuldades para encontrar um homem-gol. Ribamar e Tiago Reis se revezaram na função de centroavante ao longo da temporada e nenhum deles agradou 100% a torcida. O resultado foi ver Marrony e Yago Pikachu dividindo a artilharia da temporada com 9 gols.

Ribamar que chegou ao clube no início do ano passado, foi alvo da torcida durante toda a temporada e não conseguiu cumprir o seu papel de goleador. Em 34 partidas fez apenas 4 gols.

Com Tiago Reis o começo de 2019 foi mais promissor, artilheiro e um dos destaques do Vasco no vice-campeonato da Copinha 2019, estreou no profissional com status de futuro artilheiro Cruz-Maltino. Correspondeu bem no Cariocão, mas no Brasileirão deixou a desejar. Fez apenas um gol no torneio, contra o Internacional ainda na 8ª rodada. O jejum do atleta dura mais de um ano. Ele fechou 2019 com 5 gols marcados em 20 partidas.

Ribamar e Tiago Reis juntos somam 9 gols pelo clube, enquanto Germán Cano já alcançou mais da metade (5 gols) em apenas 11 jogos.

Fonte: Esporte News Mundo