Globo não pretende comprar nenhum Estadual em 2021

04/07/2020 às 09h16 - FUTEBOL

A TV Globo não tem mais interesse no Campeonato Carioca. Aliás, a emissora está tentando reduzir cada vez mais o espaço do torneio há anos. Só não vê quem não quer. Afinal, a competição é de péssimo nível técnico. A “Vênus Platinada”, nesse ínterim, está vendo a sua audiência despencar nas quartas e domingos.

As partidas do Campeonato Carioca têm audiência abaixo das expectativas desde 2017. O mercado publicitário está agitado. As grandes empresas de marketing estão ameaçando tirar seus principais clientes. Afinal, ninguém quer investir dinheiro em uma competição com estádios vazios, com mando de campo vendido e vários escândalos fora das quatro linhas.

Por outro lado, os dirigentes dos principais clubes cariocas não demonstram mais interesse no estadual. Nos bastidores há uma insatisfação com a falta de capacitação dos árbitros, péssima estrutura da maioria dos estádios e com adversários tecnicamente fracos. Mas não tem jeito. Afinal, o Campeonato Carioca é a única fonte de renda da Federação de Futebol do Rio de Janeiro.

O cenário dos pequenos clubes cariocas é desanimador. Os “ricos” Bangu, Boavista, Madureira, Resende e Volta Redonda tentam oferecer resistência a Botafogo, Flamengo, Fluminense e Vasco. Mas America, Americano, Cabofriense, Friburguense, Macaé, Nova Iguaçu e Portuguesa da Ilha sobrevivem com a migalha repassada pela entidade.

Os dirigentes dos quatro grandes sabem que o Campeonato Carioca atrapalha a preparação para o restante da temporada. O Botafogo está sem rumo, elenco fraquíssimo, esperando o clube virar uma empresa. O Fluminense está tentando montar uma equipe após a contratação de Fred. E recheando o time com jogadores em final de carreira como Ganso e Nenê.

O Vasco está tentando tomar um rumo na temporada. Afinal, Ramon Menezes foi contratado com a missão de montar o time para à disputa do Campeonato Brasileiro. Já o Flamengo tem o português Jorge Jesus. O Mister está fazendo do Carioca de pré-temporada, para preparar o elenco para ganhar tudo em 2020.

Em 2021, a Globo não pretende comprar nenhum Estadual. A emissora não quer mais. Agora, os executivos pressionam a CBF para antecipar o calendário. A ideia, inclusive, é iniciar em fevereiro o Campeonato Brasileiro. O momento é delicado. Afinal, o excesso de jogos sem apelo atrapalha a audiência.

De acordo com o IBOPE, a audiência do futebol em tevê aberta caiu 29% no Rio de Janeiro desde 2011. Ronaldinho Gaúcho, Loco Abreu, Fred, Seedorf, Honda e Gabriel Barbosa, só para exemplificar, não foram capazes de aumentar os índices da emissora. Por isso, Rubens Lopes, presidente da Federação Carioca de Futebol, ligou o alerta. Com a briga entre Globo e Flamengo, a tendência é fazer a emissora se afastar ainda mais do Campeonato Carioca.

CURTINHAS:
 

Com ou sem TV Globo, o Maracanã será palco da final do Campeonato Carioca. (Foto: Divulgação /ASCOM Maracanã)

ALEGRIA DE POBRE DURA POUCO: Em meio a pandemia do novo coronavírus e com famílias vivendo de auxílio emergencial, a diretoria do Flamengo vai cobrar R$ 10 do torcedor que desejar assistir à partida contra o Volta Redonda pelo Campeonato Carioca.

CONCORRÊNCIA: A Rede TV! é a primeira emissora que demonstrou interesse em adquirir os direitos de transmissão do Campeonato Carioca de 2021. A coluna apurou que a emissora paulista já busca parceiros no mercado publicitário que estejam dispostos a investir no projeto.

GOL DE PLACA: O Macaé atingiu um objetivo importante na última semana: 40 mil seguidores somadas as quatro principais plataformas de interação (Twitter, Facebook, Instagram e YouTube). A CTC Assessoria & Marketing é a responsável pelo gerenciamento do departamento de comunicação do clube.

REFLEXÃO: O Atlético-MG gasta dinheiro sem limites financeiros, ninguém questiona. O Corinthians sonha com a volta de Carlitos Tevez, mas não se fala de grana. O Botafogo atrasa salários, mas negocia com astros internacionais. E ninguém questiona. Assim caminha o “jornalismo moderno”.

Fonte: Esporte News Mundo