Grupo 'Vasco Imortal' entrega seus cargos no clube

11/05/2018 às 08h18 - POLÍTICA

Vasco Imortal

A AUSÊNCIA DO ESPANTO!

(E os103 dias de trabalho).

De muito trabalho, de implantação de uma filosofia, de projetos, de despertar no vascaíno de bem sonhos, desejos, esperança. E de repente tudo se esvai, como um castelo de cartas ao sabor da ação da mão de seu construtor.

As denúncias até agora apresentadas, são de causar espanto em qualquer um, mas parece que nem todos estão espantados.

O Presidente da Diretoria Administrativa assumir que ao longo de 2 meses realizou retiradas freqüentes das receitas dos jogos em casa, para formar um "caixinha" e depois de pego com a "boca na botija" devolver os R$160.000,00 (é a hora do espanto por favor) sem a comprovação de NENHUMA despesa ao longo deste tempo deveria fazer com que TODOS se assombrassem.

Descobrir que esse mesmo dirigente contratou seus *sócios* como prestadores de serviço do clube, parece que também não causou espanto.

O Grupo Vasco Imortal, integrante da composição que elegeu o atual Presidente da Diretoria Administrativa, se espanta, se assombra, e mostra sua indignação nesta nota.

Fosse em outras épocas, fossem outros os dirigentes, TODOS os meios de comunicação estariam bradando palavras de ordem, como transparência, lisura, ética, honestidade, mas hoje parece que no Vasco e na imprensa que "cobre" nosso dia-a-dia, esses conceitos só tem valor se atingirem a um objetivo específico.

Desta forma, o Grupo Vasco Imortal vem a público manifestar toda a espécie que estes fatos nos causam, motivando nossa saída da gestão do Club de Regatas Vasco da Gama, desocupando de imediato todos os cargos para os quais fomos nomeados, e cobrando no âmbito do Conselho Deliberativo, a apuração das denúncias apresentadas contra a Diretoria Administrativa.

Non nobis Vasco, non nobis sed nomini tuo da Gloriam

Fonte: Facebook Vasco Imortal / Netvasco

Enquete

Quem você gostaria que fosse o novo técnico do Vasco?

Deixe seu comentario