Henrique se emociona com homenagem para Thalles

01/07/2019 às 10h35 - FUTEBOL

O amistoso contra o Rio Branco foi o primeiro jogo do Vasco após a morte do atacante Thalles, cria das categorias de base do clube, que faleceu após um acidente de moto. Um dos grandes amigos do jogador tanto nas categorias inferiores, como no elenco profissional, o lateral-esquerdo Henrique falou um pouco sobre as homenagens feitas para Thalles no Estádio Kleber Andrade, em Cariacica. O Cruzmaltino entrou com uma homenagem no uniforme, além de respeitar a memória com um minuto de silêncio e ver o nome do jogador ser entoado pela torcida.

- Tem uma semana que tudo aconteceu. Foi bem difícil, não só pra mim, mas para todos os torcedores que acordaram naquela manhã e receberam a notícia. Foi muito triste. Eu lembro, chego até a me arrepiar, porque na noite anterior eu falei com com ele. Sabia que ele estava no Rio. Nós temos um grupo com o pessoal da antiga. Ele respondeu do jeito dele, mandando áudio - disse o lateral.

Henrique ainda lembrou que conversou com Thalles pouco tempo antes do acidente e que falou sobre o jeito do amigo em um jantar com amigos e com a família. O lateral-esquerdo ressaltou as qualidades do atacante, lembrou da história que teve junto com ele dentro de São Januário e desejou muita força para os familiares. Henrique ainda falou que pegou duas camisas com a homenagem ao amigo e que vai guardá-las com muito carinho:

- A noite, no mesmo dia, eu estava jantando com alguns amigos e minha família e falei dele. Me referi a alegria que ele tinha, a forma alegre dele conviver com a gente. Muito alegre, brincalhona... era um atleta que tinha muito talento. Na hora que peguei a camisa foi a primeira coisa que vi. Vou guardar essa camisa. Peguei duas, vai ficar no meu guarda-roupa. O Thalles era um irmão, um amigo, estudamos, passamos a base inteira juntos e conseguimos realizar o sonho de jogar profissionalmente pelo Vasco. Fica os meus sentimentos para a família. Sei que nada vai confortar o coração deles. Só eles sabem a dor. Eles estão sofrendo mais que todos. Deixo todo meu apoio e minha solidariedade a família dele. Ele foi um amigo, um irmão que tive e vou levar no meu coração pra sempre.

Fonte: Site oficial do Vasco