Clube

Jorginho exalta trabalho mental no Vasco pelo acesso

O Vasco está de volta à primeira divisão do Campeonato Brasileiro depois de duas temporadas na Série B. Aliás, o Cruz-Maltino garantiu o acesso após vencer o Ituano por 1 a 0, no Novelli Júnior, no último domingo (06). Na entrevista coletiva pós-jogo, o técnico do Gigante da Colina, Jorginho destacou o trabalho mental feito no clube.

“A gente costuma fazer uma reunião depois do jogo com todo o staff. Ali a gente tem tido reuniões importantíssimas. Foi ali que falei da minha confiança de que esse grupo jamais deixaria o Vasco e a torcida na mão”, declarou o treinador.

Nesse sentido, o comandante pontuou também as ações que a comissão técnica tomou após o tropeço para o Sampaio Côrrea. Dessa forma, o resultado negativo em São Januário deixou a situação do Vasco mais difícil. Assim, precisou lutar para confirmar o acesso fora de casa. Cenário em que chegou a acumular oito derrotas seguidas.

“Por eu ter sido atleta eu conheço muito bem, o que pensam pós-jogo depois de uma derrota como aquela (contra o Sampaio). Eu tentei trazer para eles que a gente tinha que sentir a dor da derrota”, acrescentou Jorginho.

“Na preleção, eu falei para eles: ‘Olhe no meu olho. Eles precisam ver no olhar de vocês a confiança, a vontade, que vocês acreditam no objetivo’. Eles acreditaram que era possível e diante da adversidade conseguimos o objetivo”, revelou o treinador.

Elogio à base do Vasco

Jorginho aproveitou a oportunidade para exaltar os jovens jogadores do Vasco. Vale destacar que os garotos vindos das categorias de base foram protagonistas para o Gigante da Colina retornar à Série A. O comandante elogiou também a influência dos atletas experientes com relação aos meninos.

“Quando esses garotos olham para o Nenê, veem um grande ídolo que querem imitar. Se mantiverem o coração humilde, simples, tenho certeza que a base do Vasco vai se tornar muito mais importante. A gente conta muito com esses atletas. Mas não podemos esquecer que há a necessidade de jogadores experientes para conduzir esses atletas”, complementou Jorginho.

O técnico fez uma comparação da atual situação do Vasco com 2016 quando ele também esteve à frente da equipe. Inclusive, momento em que ele fez um trabalho de aproveitamento da base do clube.

“O que eu estou vendo desses atletas agora, eu comparo com 2016, que vieram jogadores como Andrey, Matheus Vital e Evander. Depois eu trouxe o Allan, o Caio e o DG, porque vimos um trabalho. Esses jogadores, o que vejo, é que são extremamente profissionais, têm um coração bom, humilde para aprender e têm escutado, especialmente o Nenê, que é um exemplo de atleta”, finalizou o comandante.

Fonte: Jogada 10
  • Domingo, 06/11/2022 às 18h30
    Vasco Vasco 1
    Ituano Ituano 0
    Campeonato Brasileiro - Série B Estádio Municipal Doutor Novelli Junior
  • (14/01 - Sáb) ou (15/01 - Dom)
    Vasco Vasco
    Madureira Madureira
    Taça Guanabara São Januário
  • Terça-feira, 17/01/2023 às 21h00
    Vasco Vasco
    River Plate River Plate
    Amistoso Internacional Orlando City Stadium
  • (18/01 - Qua) ou (19/01 - Qui)
    Vasco Vasco
    Audax - RJ Audax - RJ
    Taça Guanabara A definir
  • Sábado, 21/01/2023 às 21h00
    Vasco Vasco
    Inter Miami Inter Miami
    Amistoso Internacional Lockhart Stadium
  • (21/01 - Sáb) ou (22/01 - Dom)
    Vasco Vasco
    Botafogo Botafogo
    Taça Guanabara A definir
  • (25/01 - Qua) ou (26/01 - Qui)
    Vasco Vasco
    Portuguesa Portuguesa
    Taça Guanabara Luso-Brasileiro