Imprensa

Jornalistas relatam os últimos anos de Vanderlei

0

O Vasco anunciou, neste domingo, o sexto reforço para 2021. Vanderlei foi contratado para suprir a saída de Fernando Miguel e ajudar a levar o clube de volta à Série A. Nome que contou com a aprovação da maior parte da torcida nas redes sociais, mas levantou o debate: aos 37 anos, qual Vanderlei desembarca em São Januário?

Há menos de três anos, Vanderlei era quase uma unanimidade no futebol brasileiro e nome cotadíssimo para Copa de 2018. Tite optou por Cássio como terceiro goleiro e, desde então, o ex-santista passou por altos e baixos e já não conta mais com o mesmo prestígio. O ge ouviu quem o acompanhou nos últimos anos para entender a saída do Peixe e a passagem fracassada pelo Grêmio apesar de ter custado cerca de R$ 3 milhões. Ídolos vascaínos que fizeram história na posição também opinaram.
 

Contrato prevê renovação em 2022

Vanderlei se enquadrou na atual realidade do Vasco. O clube vem fazendo seguidos cortes nos gastos do futebol e, ainda assim, se reforçando. Não é uma engenharia fácil, mas o ex-gremista topou jogar a Série B por uma remuneração inferior a que recebia no time gaúcho.

A exemplo dos outros cinco reforços até o momento, o goleiro assinou um contrato com cláusulas de produtividade. Há a previsão de renovação automática caso ele atinja um determinado número de jogos em 2021. Se o Vasco subir para a Série A, o salário será reajustado. Nesse caso, o valor ainda será menor do que Fernando Miguel ganhava antes de ser emprestado ao Atlético-GO. Haverá reajuste - inferior - na hipótese da equipe não conseguir voltar para a elite.
 

Eventualmente, Vanderlei terá a opção de sair em caso de uma proposta salarial maior. Nesse caso, clube carioca terá a opção de igualar a oferta. Os detalhes foram publicados primeiramente pelo Uol e confirmados pelo ge.

Mas o que aconteceu?

Vanderlei teve passagem marcante pelo Santos e foi eleito o melhor goleiro do Campeonato Brasileiro de 2017. Naquele ano, ele esteve muito cotado na Seleção, foi observado pelo preparador Taffarel, mas acabou fora da lista final para Copa do Mundo. Pelo time da Vila Belmiro, fez 251 jogos e foi bicampeão paulista, em 2015 e 2016. Perdeu espaço com a chegada do técnico Jorge Sampaoli, em 2019. O argentino queria um goleiro que jogasse bem com os pés e pediu a contratação de Everson, hoje no Atlético-MG.

O Vanderlei que disputou 59 jogos e foi campeão gaúcho pelo Grêmio não repetiu a boa passagem pelo Santos. Enfrentou momentos de contestação da torcida por não ser decisivo em jogos eliminatórios. Por exemplo: falhou na partida de ida das quartas de final da Libertadores contra o Santos, na qual saiu mal e originou gol de Kaio Jorge em Porto Alegre.

Tal fundamento também se mostrou falho na última partida dele pelo Grêmio. Em 10 de março, no 6 a 1 contra o Ayacucho, errou no lance. Foi o fim da linha, que pouco tempo antes teve a perda da posição para Paulo Victor nas finais da Copa do Brasil.


Jornalistas relatam últimos anos de Vanderlei

Bruno Giufrida, setorista do Santos pelo ge

- Acompanhei o melhor período de Vanderlei pelo Santos em 2015 e 2016. Era titular absoluto, foi campeão paulista nesses dois anos. Em 2015, por conta de uma fratura no braço, não joga a reta final do campeonato. Foi titular absoluto até 2018, mas o cenário mudou em 2019 com a chegada do Sampaoli. Ele gosta de utilizar o goleiro como uma peça de criação do time. Para ele, o goleiro precisa jogar com os pés e, por isso, pediu a contratação do Everson. Vanderlei não possui essa característica, mas ele sempre se mostrou um goleiro com reação muito boa.

- Ele tem algumas deficiência, a torcida do Santos brinca que todo o gol que ele toma levanta a mão para pedir impedimento. Ele é muito querido aqui, nunca deixou de ser. Houve resistência ao Everson no começo. A torcida não queria que Vanderlei perdesse a vaga de titular. Me lembro de jogos que a torcida vaiava o Everson sem ele ter feito nada, por exemplo. Depois, o Vanderlei passou a ser caro e acabou saindo. Enquanto foi titular e esteve motivado, nunca decepcionou em campo. Não é perfeito, mas pelas condições foi uma ótima escolha do Vasco.
 

Eduardo Moura, setorista do Grêmio pelo ge

- Vanderlei foi titular em grande parte da temporada do Grêmio e apresentou um nível razoável. Não foi um goleiraço, aquele que cresce em grandes jogos. Mas ele estava em uma retomada da carreira. Na chegada ao Grêmio, o Renato falou que ele precisaria de um tempo pois estava sem jogar no Santos. Ele, realmente, mostrou problema ao sair com os pés, algo que o Sampaoli falou na época de Santos. Mas Vanderlei apresentou, sim, um nível razoável abaixo das traves. O que aconteceu: ele não caiu nas graças do torcedor. Nos grandes jogos do Grêmio, não se destacou. Então, a diretoria achou por bem mudar. Houve o entendimento e, por isso, a rescisão. Ele estava em um caminho para ser o Vanderlei dos tempos áureos do Santos. A torcida carece de um ídolo na posição desde a saída do Marcelo Grohe.

Ex-goleiros do Vasco aprovam contratação

Carlos Germano

Goleiro e ídolo do Vasco na década de 90. Esteve com a Seleção na Copa de 98 e foi preparador de goleiros do Vasco até o mês passado.

- Acho que o Vasco foi muito bem e se antecipou. Um goleiro da qualidade do Vanderlei, com passagens por grandes clubes, é importante nesse momento. Apesar de ter o Lucão, que tem ido muito bem no Carioca, o Vanderlei tem muita experiência. Foi uma contratação acertada. É um jogador que teve um começo muito bom no Coritiba, uma passagem excelente no Santos, quando foi analisado pelo Taffarel, preparador da Seleção. Ele oscilou um pouco no Grêmio, mas faz parte. Teve revezamento com o Paulo Victor, o que não gosto muito. Goleiro precisa jogar.
 

- É um cara que vem com pensamento de jogar. Mas independentemente disso, será um cara importante para o grupo, terá uma influência positiva pelos comentários que ouço sobre o Vanderlei. Ele vai brigar pela posição, além do Lucão, o Vasco tem bons meninos que vieram da base. O Lucão está tendo essa oportunidade, e o Vanderlei chega para trazer essa experiência ao grupo. Acho que será bom para todos. Aprovei, achei interessante e acho que o Vasco agiu rápido nessa contratação. Acho que o torcedor vai gostar.

Acácio

Goleiro e ídolo do Vasco na década de 80. Esteve com a Seleção na Copa de 90 e foi coordenador de goleiros da base do Vasco até mês passado.

- Foi surpreendente. O Vasco tinha entrado em contato, parecia que não aconteceria, mas na minha opinião foi uma boa contratação. O Vasco precisava de um goleiro experiente. Eu, recentemente, era coordenador de goleiros da base do Vasco e conheço muito o Lucão. Ele tem um potencial incrível, mas faltava uma sequência. Ele está tendo isso no Carioca, vem demonstrando seu potencial, e acho que ele vai crescer ainda mais com a chegada do Vanderlei.

- Vai ter uma briga inicial pela posição, o Lucão tem ido bem. Mas acho que o Vanderlei, até pela experiência e rodagem, deve ser o titular quando estiver pronto. Vai ser uma boa briga. O Vanderlei foi muito bem no Santos. Mas com a chegada do Sampaoli, que gosta com a saída de bola com os pés, optou por outro goleiro. O Vanderlei demonstrou inicialmente uma certa dificuldade com a saída com os pés. Mas nada que o goleiro não consiga melhorar com treinamento. Basta um trabalho adequado. O que é fundamental é que o goleiro tenha capacidade no gol. E isso o Vanderlei tem. Ele mostrou isso no Santos e também no Grêmio. Ele perdeu a posição para o Paulo Victor, mas fez bons jogos. Vai ajudar muito o Vasco na Série B. Um goleiro experiente vai ajudar muito um grupo jovem.

Caetano

Goleiro do Vasco na década de 90, fez parte do grupo que conquistou a Libertadores. Trabalhou com Lucão, Alexander e Fintelman por quatro anos na base do clube

- O Vanderlei foi uma ótima contratação, goleiro com experiência, acostumado a grandes jogos e grandes clubes. Esse dia a dia de um profissional como Vanderlei só tem a somar ao Vasco. Vem agregar junto com Lucão, Alexander e Fintelman. Eles precisam de alguém mais experiente, mas o Vasco está muito bem servido de goleiros. O Lucão teve uma ótima oportunidade, mas gostaria de ver o Alexander tendo uma sequência. É também um atleta de alto nível.

Fonte: ge
Loading...
  • Quinta-feira, 15/04/2021 às 19h00
    Vasco Vasco 3
    Flamengo Flamengo 1
    Taça Guanabara Maracanã
  • Domingo, 18/04/2021 às 18h30
    Vasco Vasco
    Boavista Boavista
    Taça Guanabara Estádio Elcyr Rezende de Mendonça
  • 24/04 (sáb) ou 25/04 (dom)
    Vasco Vasco
    Resende Resende
    Taça Guanabara A definir
  • A definir
    Vasco Vasco
    Operário Operário
    Campeonato Brasileiro - Série B A definir
  • A definir
    Vasco Vasco
    Ponte Preta Ponte Preta
    Campeonato Brasileiro - Série B A definir
  • A definir
    Vasco Vasco
    Brasil de Pelotas Brasil de Pelotas
    Campeonato Brasileiro - Série B A definir
  • A definir
    Vasco Vasco
    Avaí Avaí
    Campeonato Brasileiro - Série B A definir