Jornalistas repercutem no Twitter sobre demissão de Ramon (atualizado)

08/10/2020 às 13h08 - FUTEBOL

Rodrigo Capelo @rodrigocapelo

Hoje, além de pagar salários em dia, a folha salarial do Bahia é maior do que a do Vasco. O que quero dizer? Todo esse desespero da torcida e surpreendentemente da diretoria cruzmaltina – que achou melhor demitir Ramon! – está baseado em irracionalidade. Falta noção da realidade. 

Sabe qual é? Ano eleitoral deixa convicções ainda mais frágeis. Alexandre Campello quer se reeleger e agradar a opinião pública. A expectativa sobre o potencial do Vasco é irreal. E ainda estamos na cultura de que técnico é salvador da pátria; perdeu tem que demitir. Tudo errado!

Rodrigo Silva @brrodrigosilva

Ramon não era o único culpado do momento do Vasco. O elenco é limitadíssimo. Mas, pelos últimos jogos, a sensação era que não conseguia encontrar mais alternativas para fazer o time voltar a ser competitivo. Entrega o Vasco exatamente onde se espera que o time brigue.

Normal que quem não acompanhe o Vasco trate a demissão como um absurdo. Mas, absurdo não é. Em 13 jogos, o Vasco viveu alguns bons momentos contra o Ceará, Santos e Botafogo. De resto, foi um time totalmente dependente de dois ou três jogadores. Mais sorte do que juízo no início.

Camila Carelli @Mila_Carelli

O elenco é fraco, limitado e as contratações nada acrescentaram. Ramon cometeu erros, mas também foi o único capaz de fazer esses jogadores darem mais do que podem. Difícil acreditar que um treinador que chegue agora sem conhecer os mlks, nem o clube em ano de eleição faça melhor

Déborah Cruz @dehcruzz

Precipitação por parte da Diretoria tendo em vista que sábado tem clássico contra o maior rival?

Canal no YouTube Papo com Léo Careca @leocareca87

Estou extremamente surpreso com a demissão do Ramon.

Fabio Azevedo @fabioazevedotv

Ramon não é mais o técnico do Vasco. Agora acabam os problemas? Não, mas o rumo não está certo mesmo. Como poderia esperar algo diferente? Pagar em dia, dar condições e fazer melhores escolhas? Tá pedindo muito, Azevedo. Então, segue o baile...

Garone @BlogDoGarone

A queda do Ramon era esperada. É o que sempre ocorre. E pouco importa quem vai assumir, o importante era trocar. Enquanto isso, os únicos pontas do Vasco são meninos de 18/19 anos, o único meia de criação é o Benítez, o único finalizador é o Cano... Isso ninguém troca.

Só pra explicar: o "importante era trocar", não é uma opinião minha, mas um pensamento geral do futebol quando o resultado no vem.

Gilmar Ferreira  @gilmarferreira

Estava na cara que havia algo entre o comando e o time. Vasco virou o fio nos últimos oito jogos e a postura em campo deveria envergonhar os envolvidos: cinco vitórias, dois empates e uma derrota nos primeiros oito; cinco derrotas, dois empates e uma derrota nos últimos oito...

Joel Silva  @JoelSilva90

Ramon Menezes foi demitido do Vasco sem nunca ter o elenco completo em uma partida. O treinador só conseguiu repetir a escalação nos 3 primeiros jogos, ainda no Carioca. Tem culpa pelos maus resultados, porém fica a questão: qual treinador não teria dificuldade neste cenário?

Rodrigo Mattos  @_rodrigomattos_

Pelo jeito a diretoria do Vasco acreditou que podia ser campeã brasileira com esse elenco. Time, que tinha uma instabilidade, hoje está em 10o na tabela. Em 2019, Luxemburgo foi festejado por acabar em 12o

Fernando Campos  @FCamposoficial

Ramon Menezes ficou refém de um início acima da expectativa no Vasco. Pegou um trabalho raso do Abel e evoluiu com ideias interessantes. A queda de rendimento da equipe não pode ser direcionada só para o treinador. O elenco é limitado, mas a diretoria está preocupada com eleição. Não adianta tentar relembrar algum comentário do início do trabalho do Ramon. O Vasco apresentou organização e evolução naquele começo. Nunca foi um time que deu show, mas era competitivo por conta de um sistema defensivo que estava ajustado.

rui guilherme @ruiguilerme

De idolatrado a execrado Técnico Ramon foi demitido do Vasco Jogadores foram pegos de surpresa e não gostaram

Fonte: Divulgação