Jovem que esteve presente em Vasco x Goiás morre com suspeita de Covid-19

22/03/2020 às 22h16 - CLUBE

Um jovem de 26 anos faleceu no fim da tarde deste sábado com sintomas da Covid-19, segundo amigos e familiares. Integrante de um grupo de pagode e portador de bronquite, ele começou a apresentar sintomas do vírus na última segunda-feira e procurou atendimento médico, mas não realizou testes e recebeu apenas orientações para se tratar em quarentena. No sábado, seu quadro piorou, e ele foi internado no Hospital Badim, na Tijuca, onde morreu horas depois.

Procurado, o Hospital Badim respondeu que não informa condições clínicas de seus pacientes e que reporta casos suspeitos da Covid-19 diretamente ao Centro de Informações Estratégicas e Resposta de Vigilância em Saúde (CIEVS), do governo do estado. A Secretaria estadual de Saúde informou que o caso está sendo investigado.

Na última segunda, o jovem teria começado a sentir febre e tosse forte, por isso procurou atendimento médico, segundo os amigos. Neste sábado, ele reclamou de falta de ar e dores no peito e então foi às pressas ao Badim. Lá, teria sido constatada a presença de manchas em seu pulmão, e ele não resistiu e morreu.

O rapaz estudou no Colégio de Aplicação da UFRJ e cursou faculdade na Facha. Vascaíno e apaixonado por futebol, o último evento com aglomeração que teria estado presente foi no jogo entre Vasco e Goiás em São Januário, no último dia 12.

Integrava o grupo de pagode "Deu Liga", famoso por fazer muitos eventos no Barril 8000 do Méier. O jovem era morador da região, no Cachambi. Seu último post no Facebook foi justamente uma mensagem cobrando que a sociedade acate as medidas de prevenção contra o coronavírus, e fique em quarentena.

Um colega do rapaz, que preferiu não se identificar, disse que soube da notícia no início da manhã:

— Muito difícil acreditar que perdemos ele, deixará muita saudade - desabafou.

 

Foto: ReproduçãoHospital Badim
Hospital Badim

Fonte: Extra Online