Justiça homologa condenação do Vasco a favor de Bruno Paulista

15/05/2020 às 13h26 - FUTEBOL

O juiz Filipe Ribeiro Alves Passos, da Trigésima Segunda Vara do Trabalho do Rio do Tribunal Regional do Trabalho da Primeira Região (TRT-1) homologou, no fim da manhã desta sexta-feira, o valor que o Vasco terá que pagar a Bruno Paulista, no processo que corre desde 2018. O Esporte News Mundo teve acesso a detalhes do caso. A condenação foi homologada em R$ 1.041.692,88.

Todo o pagamento a Bruno Paulista será feito pelo Ato Trabalhista do Vasco, determinou o magistrado. Mais de 10% do valor total da condenação – R$ 171.931,19 – é referente a depósitos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) não depositado pelo Cruz-Maltino enquanto o jogador defendia as cores da equipe de São Januário.

Bruno Paulista defendeu o Vasco entre os anos de 2017 e 2018. No período, entrou em campo em 14 oportunidades, sendo cinco vitórias, três empates e seis derrotas. Ele não balançou as redes adversárias durante os jogos que participou pelo Cruz-Maltino.

Fonte: Esporte News Mundo