Leven Siano garante já ter patrocínio para o Vasco em 2021

22/05/2020 às 12h39 - POLÍTICA

Candidato à presidência do Vasco, Leven Siano causou enorme barulho nesta quinta-feira com o anúncio do acordo para que Yaya Touré se torne reforço cruz-maltino caso ele vença a eleição marcada para novembro. Mas não para por aí. O Blog ouviu de uma pessoa próxima ao empresário que já existe um acerto para patrocínio.

A Ikonic, empresa de mídia social que já estampa sua marca no Liverpool e no Olympique de Marselha, vai estar nas mangas do uniforme do Vasco se ele for eleito. “E o valor será maior do que o patrocínio máster que o clube tem hoje”, assegura uma pessoa do grupo de Leven, referindo-se ao acordo com o BMG, que tem um fixo de R$ 5 milhões, segundo Leven.

Também de acordo com o staff do presidenciável, a receita vascaína com a Ikonic será suficiente para o pagamento dos salários de Yaya Touré durante os dois anos de contrato. O ex-jogador de Barcelona e Manchester City está “bloqueado” pelo Vasco graças a esse pré-contrato assinado entre as partes - Leven apresentou um vídeo em que o marfinense revela estar ansioso para encontrar a torcida cruz-maltina.

Se Leven não for eleito, Yaya fica livre para jogar onde quiser. Caso o atleta feche com outro clube e não defenda o Vasco diante da eventual eleição de Leven, terá de pagar uma multa estabelecida em contrato.

Boi na linha: O Botafogo revelou surpresa com o anúncio de Yaya com o Vasco. É que Ricardo Rotenberg e Carlos Augusto Montenegro, que haviam tomado frente nas negociações com a estrela mundial, imaginavam um acordo para os próximos dias. Marcos Leite, empresário brasileiro que representou Yaya desde o início do papo com o Botafogo, também não pareceu incrédulo com o desfecho.

“Só vou me posicionar de forma oficial assim que eu ouvir da boca do próprio Yaya, pois até esse momento nem o próprio agente está sabendo. Aprendi desde de criança que quando você dá sua palavra , tem que cumprir”, escreveu Marcos Leite, em sua conta no Instagram. “Se fez isso (de assinar com o Vasco) não merece meu respeito e também não merece vestir a camisa do Botafogo. Amanhã (nesta sexta-feira), vou conversar com ele e irei me posicionar. Como sempre falo, o torcedor botafoguense tem o meu respeito”, completou.

Fonte: Coluna Jorge Nicola - Yahoo