Local da partida entre Juazeirense e Vasco não está definido

27/12/2018 às 07h26 - FUTEBOL

A Juazeirense ainda não decidiu se a partida contra o Vasco, válida pela primeira fase da Copa do Brasil, acontecerá no Estádio Adauto Moraes, em Juazeiro. O clube recebeu uma proposta para vender o mando de campo do jogo. Segundo o presidente da agremiação, Roberto Carlos, o clube deve resolver a situação até o início da próxima semana, após uma reunião programada para este sábado (29).

“Vamos ter uma reunião sábado, junto com a diretoria da Juazeirense e também com o prefeito [Paulo Bomfim]. Ele ficou de pensar e avaliar conosco. A CBF está cobrando uma posição nossa, assim como a FBF também. Até o início da próxima semana a gente deve bater o martelo. A proposta é tentadora e muito boa. A Juazeirense está passando por uma situação financeira que não é boa, mas estamos analisando”, salientou o deputado.

A proposta foi feita pelo empresário Antônio Carlos. Ele é conhecido no mundo do futebol por comprar mandos de partidas, como o confronto entre Paraná e Palmeiras, válida pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro, que aconteceu no Estádio do Café, em Londrina. Segundo ele, Roberto Carlos está relutando em aceitar vender o mando.

“Ele está dando preferência de fazer na própria cidade, pois estão esperando pelo evento. A princípio ele não quer vender, mas continuaremos tentando”, afirmou em entrevista ao Bahia Notícias.

Ainda de acordo com o empresário, caso a venda seja concretizada, o confronto deve acontecer em Brasília, no Estádio Mané Garrincha. No entanto, caso o clube carioca atue na praça esportiva pelo certame estadual, a tendência é que o local seja alterado.

A partida acontecerá em fevereiro, ainda sem data definida. Para se classificar, o Cancão de Fogo precisa vencer o confronto. O clube Cruz-Maltino se classifica com um empate ou triunfo.

Fonte: Bahia Notícias