Luis Fernandes pede trégua em disputa interna no Vasco

22/03/2020 às 08h23 - CLUBE

Luis Manuel Rebelo Fernandes @FernandesLuis58

Neste momento de pandemia do novo Coronavírus, é importante a alertar a todos para os graves desafios da crise sanitária sem precedentes que se abateu sobre o mundo e agora atinge fortemente o Brasil.

É hora de união e foco de todos para enfrentar e superar a crise de saúde pública gerada pela pandemia.

Esse desafio também se apresenta à família vascaína, composta por milhões de torcedores espalhados pelo Brasil e pelo mundo afora.

A vida institucional do @VascodaGama vem sendo corroída por forte polarização e fragmentação política nos últimos anos alimentada por sentimentos de ódio, ataques pessoais e preconceitos.

É hora de dar uma trégua nessa disputa interna do clube, para focar as energias da instituição no apoio que possamos dar aos esforços nacionais e globais para enfrentar a pandemia do COVID-19.

Seguindo a sugestão já feita pelo Benemérito João Carlos Nóbrega de colocar o ginásio do Vasco à disposição para possível hospital de campanha, bem como as ações análogas já adotadas por outros clubes nacionais

me dirijo em especial, ais poderes do clube para solicitar que todos os recursos humanos, materiais e infraestruturais do Vasco sejam colocadas à disposição das autoridades responsáveis pela mobilização nacional e regional contra a pandemia.

Para além do exemplo dado a milhões de torcedores vascaínos, isto poderá ter importante impacto na promoção da saúde no entorno de

Em momento que é de grande comoção e incerteza, faço um apelo aos vascaínos, em particular aos que pretendem ter participação ativa nas próximas eleições do clube, que deixemos as disputas eleitorais de lado

concentremos esforços e energia na mobilização dos torcedores, sócios e profissionais do clube para enfrentar e superar a crise gerada pela pandemia do COVID-19.

Essas são as minhas considerações, na condição de professor e pesquisador universitário que teve a honra de ocupar importantes funções dirigentes no sistema nacional de Ciência e Tecnologia.

Fui Secretário Executivo do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT), por duas vezes Presidente da FINEP e, ainda, Diretor da Fundação deAmparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro em período de forte expansão dos investimentos em Ciência, e nas Ciências da Saúde em particular

E, sobretudo, cidadão, vascaíno, pai, marido, avô. Todos somos importantes no enfrentamento ao vírus.

Fonte: Twitter de Luis Fernandes